31 de mai de 2011

Ironman Brasil 2011 por: Robson Fernando de Oliveira.




Relatos de uma simples prova: Ironman


Há dois meses atrás, decidi não largar no Iron. Não estava treinando e não estava "no clima".
Estava triste com esta decisão e, acima de tudo, não acreditando que pudesse desistir de MIM... Já que dizem que o Ironman é uma prova em que o atleta desafia a si mesmo, isto vinha me cutucando.

Pois bem, há cerca de um mês decidi largar, já treinando!!!

Bom, com muito menos treino do que deveria ter e fora dos meus padrões de estrutura, tinha a certeza de que deveria fazer uma prova inteligente, consciente e resgatar todas as seis edições anteriores, mentalizando etapa por etapa, minuto por minuto, ou melhor km por km... heheheh... o Iron é uma prova realmente diferenciada, em que anos depois, é possível nos lembrarmos de todos os momentos em todas as edições... não é à toa que dizem que "ser Ironman é estilo de vida" e que muitos (inclusive eu) tatuam esta conquista.
 
Então... vamos ao roteiro:

Durante a semana, muitos eventos paralelos ocorrem, muitas mensagens chegam, muitos olhares e cumprimentos nos miram e recebemos muita energia nos empurrando para a linha de largada e nos fortificando até a linha de chegada. Isto tudo transforma o astral e nos coloca dentro da prova. (aliás, se vale uma dica: sempre participe das etapas que precedem seus eventos, isto lhe transportará para um mundo exclusivo pertencente a quem deste fará parte - você)

Quinta-feira no treino de natação até as bóias, notei que a natação seria tranquila.

Sexta-feira no simpósio, notei que nada de muito diferente havia na prova. Muito bom já conhecer o que lhe aguarda. Porém, pela terceira vez em uma semana furei meu pneu (novinho em folha!), o que já te deixa na pilha... tudo resolvido.

Sábado no bike check-in o astral já era 100% Ironman, então, para não largar só se o despertador não me deixasse ou se o Osama ressuscitasse e virasse bonzinho...

Domingo:

04:00 - acordar no dia Iron é o mesmo que acordar no meio de uma bateria de escola de samba, o cara pula da cama e já fica com o coração na boca. Daí até a largada, olha, o coração tem que ser forte!

...até às 06:45 ajustes finais, sorriso meio amarelo, suor e mão congelando, vida de "rei" de tempos em tempos, certezas e incertezas.

06:45 - 07:00 posso garantir com todas as minhas forças que estes 15 minutos não tem somente 15 minutos. É sério... dentro do curral de largada o cara olha pro lado e vê gente chorando, rezando, tremendo, rindo, falando, alongando, concentrando, todos nervosos e agindo conforme podem... sou do tipo que fica ali parado, cabeça baixa, quieto, pouco me mexo, alongo para disfarçar e procuro não observar os outros, mas é difícil...

07:00 - neste ano a organização não fez a contagem regressiva, sorte minha, porque se os últimos 15min não passam, imaginem os 10-9-8-7-6-5-4-3-2-1-Começou!!! Até pra digitar demora... hehehehehe

Primeira bóia - os 960m mar adentro em direção à primeira bóia são duros, frios e longos. É nesta reta (nem sempre tão reta) que precisamos alinhar o coração emoção e o coração circulação, a respiração nervosa e a respiração da braçada, nosso espaço no mundo e na água, secar os olhos cheios de água salgada do mar e de lágrimas, e ainda por cima, mirar e cruzar esta bendita bóia... para mim, cruzar a primeira bóia é significado de que a natação posso cumprir... hehehe...

Segunda volta da natação - acho que de toda a prova, esta foi a minha melhor etapa, nadei bem e forte, apesar da fortíssima correnteza e de ter engolido alguma coisa no meio do caminho... saí da água me sentindo muito bem!

Transição para a bike - por cerca de 10min é hora de preparar a cabeça, a buzanfa, as pernas e a vontade para encarar os 180km.

Primeira volta da bike - parecia que estava flutuando no asfalto, sem fazer muita força segui num ritmo muito bom, boa média (cerca de 33,5km/h), mas não consegui me alimentar direito pois fui tomar um pouco de gatorade e "tudo voltou" (e para isto acontecer é raro, muitíssimo raro). As almôndegas da minha mãe, o purê de batata da Mary e os suplementos fizeram sua parte... Avistei o Wanderson na via expressa sul e notei que estava o alcançando na bike, algo surpreendente para mim. Acabei a primeira volta feliz!

Segunda volta da bike - aí sim... o bixo pegou! Ou melhor, o vento Sul fortíssimo, vindo dos infernos, pegou... caramba o que era aquilo?!? Confesso que antes de cruzar o pedágio em direção ao centro pensei em dar meia volta e desistir. Aí está o grande desafio para todos que completam esta prova: estar preparado para os muitos momentos em que seu corpo ou sua mente ou sua alma (ou todos juntos!) tentam lhe vencer e convencer a parar. Mais cedo ou mais tarde, esta hora chegará durante a prova, compete a nós batermos de frente! Fazendo muita força, muita força mesmo, cumpri a segunda volta... doendo tudo, muito!!! Quando estava saindo da via expressa sul e salvo do vento FDP, avistei o Escobar que estava prestes a encará-lo de frente e pensei: boa sorte e força, meu Brô, pois tu tá fudido nos próximos 30-40km... hehehehe... Para termos noção do vento, na descida do morro vindo do Jardim da Paz, sem pedalar na primeira volta meu Garmin marcou 69km/h e na segunda, pedalando marcou 45km/h... acho que a média nesta etapa foi de aaaaaaarrrrrrrgggggghhhhhhh 10km/h e olhe lá!!! hehehehehehehe...

Transição para a corrida - pela primeira vez, experimentei sentar no chão e massagear as coxas, pois estavam realmente latejando e travadas. Senti dificuldades até para descer da bike.

Corrida volta longa 21km - como havia dito, larguei para fazer uma prova inteligente e poder finalizar. Pois bem, corri num ritmo bem abaixo do que poderia, justamente para seguir adiante. Encaixei +/-06:20 até o primeiro morro em Canajurê. No meio dos morros fica a casa da família do Guga (meu cunhado) e eles estavam lá com uma faixa e vestidos com roupas de ginástica, tipo ciclistas gayúchos-machos-tuttifruttis. Demaissss!!!! hehehehehe... (quando pegar as fotos, posto aqui)... Todos os corredores que estavam por perto de mim vieram me cumprimentar e agradecer pelo momento (do tipo este astral vai me recompor ou me ajudar... foi demais mesmo. Eles não têm noção do quanto ajudaram a mim e muitos outros). Já na volta, na descida dos morros tinha uma família com uma sonzeira na garagem (era uma festa mesmo) e um doido com uma vara de pescar fingindo fisgar quem estava subindo... Demaisssss (pena que nesta hora eu estava descendo e não fui "ajudado" heheheheh). A única coisa estranha e negativa que me ocorreu foi "botar pra fora" novamente quando bebi gatorade e num outro momento quando bebi pepsi (ou seja, não pode ser!). Mas tudo certo... Pra fechar o astral que foi esta volta, ao entrar na Búzios encontrei o Escobar correndo e aquele abraço (Tchêêê!!!) foi do tipo: força e parabéns, cara!!! Caminhando bem pouco e correndo numa boa, cumpri e coloquei no braço a pulseira branca!

Primeira volta curta 10,5km - esta foi, pra variar, a maior de todas as torturas por vários motivos: você nem está acabando e nem está no início, você não aguenta mais suplementos e já conhece todos os staffs e o que nos ofertam (heheheh), suas pernas já estão ao mesmo tempo duras e moles e desobedientes. Caminhei demais nesta etapa (cerca de uns 3-4km) e quando corri, foi dentro do ritmo a que me propus. Demorei, mas coloquei a pulseira laranja no braço e fui pros últimos km's.

Volta final 10,5km - bom, esta é a única etapa em que consigo sorrir numa boa com expressões do tipo "falta pouco" "tá quase lá" "você consegue" "tá fácil"... Sofri, mas cheguei na Búzios pros últimos 2,5km's!!!

Na reta final, é incrível o que acontece conosco, demais mesmo... passam as dores fortes, o coração volta a disparar, os olhos se recheiam de água salgada novamente, as pernas voltam a funcionar, o sorriso volta a ser de criança, as vozes viram vento a favor e o último km NÃO tem 1.000m (com certeza deve ter o triplo, pois não acaba nunca!!!). A Maristela veio me pescar, já que o tiozinho lá do morro não o fez, e na entrada do funil me aguardavam.

De mãos dadas, Robson+Maria+Pai+Mãe, nos tornamos Ironman. Foram 13:25:10 de um dia longo para curtir intermináveis e surpreendentes segundos que compõem a travessia da linha de chegada. Vitória!

Vou falar uma coisa... não há nada melhor do que ver aquelas luzes e escutar o som daquele tablado na chegada e sentir uma sensação de vitória... e não é uma vitória contra algo, mas SIM, a favor de si mesmo.

Alguns choram, outros dançam, outros sorriem, outros apagam, outros fazem malabarismo... todos vibram e distribuem tudo do bom e do melhor de si!!!

O Wanderson detonou e já estava há umas 2 horas descansando e comendo pizza quando acabei. O Escobar estava entrando pra última volta e, logo depois, finalizou numa boa...

Ok. Relato tudo isto, para que possam acompanhar o final deste email e melhor entender o belo email com o título "IRONMAN" que foi enviado pelo Escobar e que respondi com cópia para todos (está colado logo abaixo da minha assinatura).

Como podem notar, este não foi um "bom tempo", nem mesmo terei uma boa colocação. Foi, na verdade, meu pior tempo, dentre os 7 que já participei e finalizei, um a um.

E vou declarar: estou tão feliz quanto o campeão ou qualquer um outro que tenha conquistado sua medalha, pois tenho certeza de que ontem em uma coisa todos nós estivemos no mesmo nível: o da felicidade por vencer!!!

Ambição, força, perseverança, exemplos, disciplina, sorte, humildade, foco, amizades, saúde, energia e positivismo.

Gostaria que todos soubessem que este é o espírito e gás que devemos empreender no sentido da conquista de um objetivo pessoal. Seja no trabalho, em casa, na vida social, na balança, na saúde, em 5km ou num Ultraman (muito mais que um Ironman!)... não interessa... tenha a certeza de que a pessoa que não se encaixa neste ritmo e astral é, no mínimo boba, burra e engana a si mesma. Especialmente no esporte, façamos com que o mesmo seja para promover uma mudança pessoal para MELHOR.

Desistir de algo, somente por desistir ou por medo de não conseguir, ou pior ainda, por pressupor que ir mal vai "ficar feio" ou queimar o filme é, na boa, muito pequeno.

A verdade é que nossas conquistas nos deixam leves e fortes. Nos fazem crescer positivamente de alguma forma. Nos levam adiante!!!

Já notaram que este é o astral pós provas?!?

Felicidade, companheirismo, agradecimentos, fome de mais, trocas mútuas de significados por estar lá e fazer valer... etc, etc, etc... coisas boas e mais coisas boas... pensamentos bons e mais pensamentos bons...

Que bom seria se este clima pudesse fazer parte de nossas vidas cotidianas...

Quer saber?!? É possível sim. Que tal começarmos desde já?!?

Dizem que o tal do esporte (seja qual for) contribui muito para isto. Portanto, vamos nos mexer e fazer quem nos cerca sair da inércia...

Pegando um gancho do filme "Tropa de Elite II": O ESPORTE É FODA! E FOI FEITO PROS GRANDES...

Muitíssimo obrigado, de coração, a todos!!!

Quem venham os próximos desafios...

Bons treinos.

Grande abraço,


Robson Fernando Oliveira (Ironman '03 '04 '05 '07 '08 '10 '11 ...e... '12)




30 de mai de 2011

Ironman Brasil 2011


Eduardo Sturla é tetra no Ironman Brasil 2011. Amy Marsh vence entre as mulheres. o paranaense Guilherme Manocchio foi vice, enquanto Ariane Monticeli ficou em terceiro no feminino

Florianópolis (sc) – o Ironman Brasil já tem seu maior vencedor da história. neste domingo, em Jurerê internacional,  em Florianópolis (sc), o argentino Eduardo Sturla garantiu seu quarto titulo na competição e o status de maior vencedor da história. ele completou os 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,1 km de corrida da única seletiva da américa latina do mundial Ironman com o tempo de 8h15min03seg. o segundo lugar ficou com o brasileiro Guilherme Manocchio, de Curitiba (pr), que fechou a prova em 8h17min20seg.  outro argentino, Ezequiel Morales, vice no ano passado, ficou com o terceiro lugar.

No feminino, a norte-americana Amy Marsh estreou na prova com vitória. ela completou com o tempo de 9h09min39seg, seguida por Lucie Zelenkova, da república checa, 9h16min14seg, e pela  brasileira Ariane Gomes Monticeli, com o tempo de 9h19min15seg . foi a quarta conquista de Marsh em provas deste gênero nos últimos três anos. destaque para o quinto lugar de Fernanda Keller, com cinco títulos do Ironman Brasil.

A 11a edição do Ironman Brasil começou em grande estilo. ao nascer do sol em Jurerê internacional, 1.823 triatletas de 34 países largaram para mais um dos mais  difíceis desafios do esporte mundial. na areia, milhares de pessoas acompanharam o início da disputa com muita animação, sem se importar com a brisa fria da manhã na capital catarinense.  a possibilidade de ver de perto alguns dos melhores nomes do triatlo mundial, bem como prestigiar parentes e amigos, motivou o público.

Para Carlos Galvão, diretor-geral do Ironman Brasil, a competição teve, mais uma vez,  resultado positivo. “nossa análise é de mais um sucesso que, sem dúvida nenhuma, demonstra a consolidação deste que é o maior evento de triatlo da américa latina.ainda perseguimos o titulo brasileiro no masculino, que está cada vez mais próximo”, destacou.


27 de mai de 2011

Como foi o dia do desafio ?




O dia do desafio para o time TreineBem.

Os alunos abraçaram a causa e suaram a camisa pra valer, e os principais beneficiados com todo este esforço e superação foram os próprios alunos. Agora que o pontapé inicial foi dado, basta continuar com os exercícios e desta forma continuar também com a manutenção da sua saúde. A empresa Liderança faz parte do time TreineBem, e seus colaboradores deram exemplos de qualidade de vida como podemos ver acima, agora só falta você.

Várias empresas que também fazem parte deste time vitorioso serão citadas posteriormente, como exemplo de superação, proporcionando assim a melhoria na qualidade de vida para seus colaboradores.

Nós da TreineBem parabenizamos todos que participaram deste dia especial, esperamos que esta campanha não tenha um fim, mas que seja o início de uma nova forma de cuidar da sua saúde.

26 de mai de 2011

Cuidado com o sobrepeso.



Perder de 5% a 10% do peso em 6 meses a 1 ano já traz benefícios aos níveis de pressão, colesterol, frequência cardíaca e do coração em geral. É que, quanto menor a superfície corporal de uma pessoa, menos o músculo cardíaco precisa trabalhar para bombear sangue e menos obstruídas ficam as artérias. Isso diminui as chances de infarto e derrame cerebral, as duas principais causas de mortes no Brasil.

Mais da metade (52%) dos homens e 44% das mulheres no país têm sobrepeso. Ao todo, 15% da população está obesa. Rio Branco é a capital com o maior índice, seguida do Rio de Janeiro e de Fortaleza, enquanto Palmas fica em último no ranking, como a mais saudável.

O cardiologista Roberto Kalil, e a endocrinologista Claudia Cozer, que falam sobre os riscos da obesidade para o coração e a saúde em geral. Segundo a médica, o ideal é emagrecer gradativamente para não voltar a engordar. Tanto que até 40% dos pacientes bariátricos, que têm uma perda rápida, recuperam o peso total ou parcialmente.



25 de mai de 2011

Dia do desafio, é hoje!



Para participar da campanha mundial de incentivo à prática de atividades físicas basta realizar qualquer tipo de exercício no dia 25/05. Siga o exemplo de um de nossos parceiros a Komdelli (foto).
Neste dia, vale fazer qualquer tipo de atividade física: caminhar, correr, nadar e pedalar são apenas algumas sugestões. Fique atento à programação do seu município.

As atividades podem ser feitas em escolas, parques, empresas, hospitais, em casa. São muitos os locais que estarão colocando as pessoas em movimento. Junte-se a elas e, não deixe de registrar que você participou. A TreineBem também terá uma programação intensa durante suas aulas e motivando ao máximo seus alunos.

O Dia do Desafio reúne pessoas de todas as idades que se envolvem em uma competição amigável entre cidades do mesmo porte, na tentativa de mobilizar o maior número de pessoas. Em 2010, 20 países entram na competição e 3.505 cidades participaram.

A competição, no entanto, é apenas estímulo à participação. Os verdadeiros ganhadores são os envolvidos, que exercitam a integração social, a criatividade, a liderança e o espírito comunitário e o maior prêmio para a cidade vencedora é a melhoria da qualidade de vida de seus habitantes.

Fonte: http://www.sescsp.org.br/diadodesafio/noticia/detalhe/id/690 (adaptado)

24 de mai de 2011

Mais uma batalha vencida!




É assim que os atletas do time TreineBem se sentem ao término de mais uma prova, que ocorreu no ultimo domingo dia 22/05 prova esta que definitivamente está entrado para o calendário de eventos esportivos da região da grande Florianópolis.
Com a organização nota 10, o evento ecologicamente correto, tinha o intuito de integrar os atletas entre empresas, gerando desta forma companheirismo e qualidade de vida.
Por falar em qualidade de vida, a TreineBem não poderia ficar de fora, aliado a seus parceiros  Connex, Badesc, Aliar, Engevix e komdelli cada qual com seus atletas experientes ou iniciantes, alguns até correndo pela primeira vez, a superação de cada um ao término da prova era visível e algo inexplicável. Apesar dos trechos não exigirem grandes esforços dos participantes, 12 km não é para qualquer um. A principal vitória do time TreineBem além de todos terem concluído a prova, foi a manutenção da saúde e a promoção do bem estar de seus atletas.
Parabéns time, que venham novos desafios!


19 de mai de 2011

Para os amantes da vida!


“Quem é louco por corrida talvez me entenda. Acabei de fazer um treino que pra mim, foi perfeito. 25min de alongamento, 56min de corrida na chuva e mais 20min de alongamento. Durante a corrida na chuva, a troca de energia com a natureza, muito intensa me fez esquecer até mesmo de quem eu era, do que eu tava fazendo, só voltei à consciência normal quando já tava em casa. Rindo, curtindo e aproveitando cada segundo, sozinho e feliz. Espero que todo treino seja assim, não só pra mim, mas pra todo mundo que é louco por corrida e respeita a natureza e seus limites. 15 km bem aproveitados sem sentir dor nenhuma, pelo simples prazer de correr.
São as palavras de Fernando Griss Costa um dos atletas do time TreineBem, mas principalmente um atleta de bem com a vida, e que sabe aproveitar cada segundo de felicidade que ela lhe proporciona.
Venha você também fazer parte deste time, acesse o site: www.treinebem.com para mais informações.

18 de mai de 2011

Atenção atletas, a corrida Pedra Branca está chegando!


Será realizada no dia 22 de maio de 2011 a corrida Pedra Branca (somente para empresas). O evento consiste em: Reunir o máximo de empresas com seus respectivos atletas, de ponta ou não. Desta forma promovendo uma união saudável entre pessoas que compartilham do mesmo ideal, a qualidade de vida. Portanto, o time TreineBem não poderia ficar de fora, convocou seus guerreiros para mais esta batalha onde os principais beneficiados serão os próprios atletas. Aliar, Connex, Badesc, Engevix e komdelli são algumas das empresas que se preocupam com a qualidade de vida de seus colaboradores e apóiam a TreineBem nesta iniciativa.

A corrida terá o percurso de 12Km, que pode ser realizado individualmente, duplas no revezamento de 6Km, ou em até 4 atletas com 3Km cada.

A largada será as 9hs e segundo previsões meteorológicas o sol estará brilhando para nos contemplar.

Quanto as premiações, Será realizado da seguinte forma: Troféus para os três primeiros colocados de cada categoria do revezamento (2 e 4 atletas) – masculino, feminino e misto;

Troféus para os cinco primeiros colocados de cada categoria no individual – masculino e feminino.

Agora que todos já sabem tudo sobre a corrida Pedra Branca, fica o convite. Vamos correr?

16 de mai de 2011

OMÊGA 3


Óleo de Peixe Omega-3: são ácidos graxos poliinsaturados essenciais ao funcionamento do organismo humano. Pertencem a família Ômega 3 e Sua deficiência provoca retardo do crescimento, dificuldade de cicatrização, ressecamento da pele e queda de cabelo.
É um produto que tem em sua composição o ácidos denominados (EPA) e (DHA). O EPA aumenta o bom colesterol, reduz o mau colesterol, reduz a inflamação e auxilia na prevenção das doenças cardiovasculares. O DHA é parte integrante da mielina que reveste os nervos e protege o cérebro contra os danos causados pelo estresse oxidativo provocado pelos radicais livres.

Benefícios para Performance Atlética

Pessoas ativas como praticantes de atividades físicas e esportistas estão vendo o consumo de óleo de peixe não apenas uma forma de auxiliar na manutenção de uma ótima saúde, mas também para favorecer a performance. Atletas se interessam basicamente por 4 benefícios principais do óleo de peixe:
-Acelera a recuperação dos músculos e articulações;
-Mantém a saúde e estrutura de tecidos de conexão e juntas;
-Ajuda na manutenção dos níveis de testosterona para um ótimo
desenvolvimento muscular;
-Auxilia na diminuição dos níveis de triglicerídeos, o que reduz os riscos de
doença do coração;

Procure melhorar sua saúde cada dia mais!
Vanessa Mara Lodi
Nutricionista
CRN10-2310

12 de mai de 2011

O QUE É GOTA?



O QUE É GOTA?
Trata-se de um distúrbio do metabolismo das purinas, em que níveis
anormalmente altos de ácido úrico se acumulam no sangue (hiperuricemia).

A concentração normal de ácido úrico no sangue é de 2,5 a 7,0 mg / ml para
homens e de 1,5 a 6,0 mg / ml para mulheres.

Sintomas

Os sintomas da primeira manifestação da doença duram de 3 a 4 dias e podem
desaparecer em seguida. É caracterizada pelo início súbito e agudo da dor
artrítica localizada começando habitualmente pelo hálux (dedão do pé) e que
continua ascendendo pela perna.

Outra manifestação característica da gota é a formação de abscesso sobre as
articulações, semelhantes a caroços cheios de substâncias brancas dentro. Em
algumas crises agudas esses “tofos” podem vazar;

- Tratamento Nutricional

. Restrição de alimentos contendo purinas no estágio agudo da doença como
uma tentativa de evitar o acréscimo de purinas exógenas à alta carga de ácidos
existente.

. Ingestão de líquidos (3L/dia) para minimizar a possibilidade de formação de
cálculos renais.

. Dieta relativamente alta em carboidratos, moderada em proteínas e pobre em
gorduras; pois a excreção de uratos tende a ser reduzida pelas gorduras e
aumentada pelos carboidratos.

. Quanto à ingestão de alimentos ricos em xantinas como o café (cafeína),
guaraná (cafeína), chá mate (teofilina), chocolate (teobromina) e derivados, há
controvérsias. Apesar destes alimentos conterem xantinas, estas não são
convertidas em ácido úrico, mas fica a dúvida se existe competição nos
mecanismos de secreção tubular entre estas substâncias e o urato.

O tratamento dietético para os pacientes que estão recebendo a medicação de
manutenção para a gota envolve uma dieta balanceada ajustada à obtenção e
manutenção do peso corpóreo desejável e evitar a Cetose.

O tratamento medicamentoso da gota é tratada com drogas que inibem ou
eliminam a síntese de ácido úrico e devem estar associadas á dieta correta.

Vanessa Mara Lodi
Nutricionista
CRN10-2310

11 de mai de 2011



Não existe um alimento que seja mais saudável que o outro, é tudo uma questão de equilíbrio. O filé de frango tem menos calorias que o bovino – 150 contra 269 para os mesmos 100 gramas –, mas é pobre em ferro.

Um levantamento do Ministério da Saúde mostra que a participação das carnes na alimentação dos brasileiros cresceu 50%. Somente os embutidos, como a salsicha, tiveram um aumento de 300% no consumo.

O repórter Renato Biazzi visitou uma churrascaria de São Paulo e propôs que os clientes trocassem algumas das carnes por lentilha ou feijão. Mas ninguém resistiu à tentação do churrasco.

Esse crescimento da demanda requer atenção. O ideal é limpar bem as carnes antes do preparo e optar pelas menos gordurosas. É na gordura que mora o grande perigo, pois ela eleva o risco cardíaco e a obesidade. Por isso, o governo recomenda um consumo diário moderado: um bife bovino ou outra proteína grelhada com 64 gramas, ou o tamanho da palma da mão.

Eric Slywitch ressaltou que é um engano pensar que carne não engorda porque se trata de proteína. O indivíduo pode ganhar peso, sim, e desenvolver problemas graves de saúde se abusar. Pelo acúmulo de gordura, podem aumentar as chances de doenças no fígado, câncer de cólon e reto.

Isso só ocorre, porém, se o consumo for exagerado. Na medida certa, a carne é uma boa fonte de nutrientes. Além de rica em ferro, é a principal origem de vitamina B12, presente ainda em leite e ovos. Essas duas substâncias são importantes para a produção de hemácias, células que transportam oxigênio e compostos pelo sangue. A deficiência delas, portanto, pode levar à anemia.

No caso dos vegetarianos, é importante consultar um médico ou nutricionista para garantir a substituição adequada dos alimentos e não ter riscos à saúde. Quanto mais restrita for a alimentação, isto é, se exclui carnes, leite e derivados e/ou ovos, mais importante é essa orientação.




9 de mai de 2011

Postura e descanso são importantes para evitar lesões


O corpo humano não foi projetado para muitas das atividades que hoje pertencem à nossa rotina. Ficar sentado diante do computador durante horas, todos os dias, pode causar dores, dificuldades de movimentação e formigamento nos dedos.

Esses e outros sintomas estão ligados à LER (lesão por esforços repetitivos). A LER não é uma doença propriamente dita, mas engloba todos os problemas nos ossos e nos músculos que tenham origem em atividades repetitivas. Normalmente, o mal está ligado ao trabalho, mas isso não é uma regra.

As lesões são mais recorrentes em pessoas que digitam muito ou apertam mouse, atendem e transferem telefonemas ou fazem fotocópias. Em casa, os serviços domésticos também geram problemas, por isso é preciso segurar corretamente panelas e vassouras.

A mais comum é a tendinite, que é uma inflamação nos tendões. Outras recorrentes são a síndrome do túnel do carpo, a tendinite de Quervain, o dedo em gatilho e o cotovelo de tenista (veja no quadro acima).

Três aspectos são fundamentais para reduzir os riscos: é preciso fazer pausas durante qualquer atividade e saber respeitar os limites do corpo; a altura e a posição dos aparelhos deve estar adaptada à pessoa; deve-se ter atenção com a postura.

Em qualquer atividade que se faça, é importante usar todo o corpo. Pense no movimento que você faz, por exemplo, quando se abaixa para pegar um objeto pesado no chão – o ideal é dobrar os joelhos e colocar as duas mãos. Esse tipo de raciocínio serve para todos os trabalhos braçais.

No caso do computador, no qual a LER é mais comum, o que se deve observar é a posição dos objetos. A cadeira e a mesa devem estar na altura que proporcione maior naturalidade a quem está sentado.

A posição mais recomendada do monitor é à altura dos olhos, para evitar que a pessoa abaixe a cabeça e force o pescoço. Para usar o teclado e o mouse, o ideal é que o cotovelo faça ângulo de 90 graus. Os dois pés devem ficar apoiados no chão. Se um computador for compartilhado por pessoas de alturas diferentes, almofadas resolvem o problema.

Quanto aos laptops, os computadores portáteis, que muita gente usa em casa. Para usá-lo no colo, é preciso tomar alguns cuidados: recostar-se bem no assento, apoiar os pés no chão e colocar algum objeto para deixar o computador um pouco mais alto. Ainda assim, o ideal é colocá-lo sobre a mesa.

Quando ele fica em cima de uma mesa, deve ser usado da mesma maneira que o desktop - o computador normal. Para isso, é necessário colocar algum suporte debaixo do computador, para que ele não fique muito baixo em relação aos olhos. É preciso instalar teclado e mouse separados, para que eles fiquem na altura certa.

Fonte: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/05/postura-e-descanso-sao-importantes-para-evitar-lesoes-por-repeticao.html

5 de mai de 2011

Qualidade de Vida no Trabalho

A Qualidade de Vida é um tema cada vez mais abordado na mídia, nas empresas e até mesmo no ambiente familiar. As pessoas se conscientizaram de que o termo tem um significado amplo - que engloba diferentes áreas da vida -, e vêm incorporando a questão no seu dia-a-dia, tanto individualmente quanto coletivamente.

O mundo corporativo já está consciente da importância da qualidade de vida e da necessidade de criar melhores condições para o bem-estar dos colaboradores. Aqueles que investiram, já começam a colher os frutos dessa colaboração entre empresa e colaborador, comprovando que o profissional produz mais e melhor quando se sente feliz e motivado.

Essa busca por qualidade de vida insere-se no contexto da Responsabilidade Social, prática que deve ser incorporada tanto pelas empresas quanto pelos próprios profissionais. Assim, para que os programas de qualidade de vida gerem benefícios efetivos, o que vai se propagar para toda a sociedade, o comprometimento deve ser completo: a empresa desenvolve políticas, ações e programas de estímulo a uma vida saudável, e o funcionário, por sua vez, deve perceber que seu papel é fundamental para que os objetivos sejam alcançados por ambas as partes.

A iniciativa de promover projetos visando a satisfação pessoal dos colaboradores cresce cada vez mais no mercado de trabalho, de microempresas a grandes corporações multinacionais. Num futuro próximo, o que diferenciará uma empresa da outra será a qualidade de vida de seus colaboradores, bem como o clima que predomina no local de trabalho, diminuindo a importância do tamanho da empresa e ressaltando a produtividade e a qualidade, resultantes do bem-estar organizacional.

Para que os programas sejam eficazes, porém, é preciso alguns cuidados, como: partir da realização de uma pesquisa sobre o perfil dos colaboradores e suas reais necessidades; implantação de ações contínuas, transparentes, de curto, médio e longo prazos; envolvimento da alta cúpula; contar com uma equipe multidisciplinar que saiba lidar com as diferenças internas; avaliações constantes sobre os resultados do programa; inserir o programa dentro da Política de Recursos Humanos.

Já o colaborador deve se comprometer em cultivar um estilo de vida saudável, o que faz uma grande diferença para seu rendimento no mercado de trabalho. É preciso adquirir uma condição física boa e manter a saúde sempre em dia, por meio de exercícios e de uma alimentação equilibrada.

Cuidar dos aspectos emocionais e psicológicos também é indispensável, o que inclui uma atenção muito especial à questão da auto-estima. Guardar um tempo para curtir momentos de lazer e conectar-se com o lado espiritual é essencial. O importante é saber conciliar afazeres profissionais com a vida pessoal, dedicar-se a si mesmo e aos familiares. A Responsabilidade Social é conquistada, primeiramente, por meio da Responsabilidade Pessoal.

Toda atitude tomada para valorizar as virtudes do ser humano deve ser valorizada e incentivada.

Portanto, com as empresas e colaboradores trabalhando em conjunto para promover o bem estar físico e emocional de todos, as atitudes positivas, e a integração entre organizações e sociedade, a Qualidade de Vida deixará em breve de ser uma bandeira para se tornar um bem comum.



Fonte / autor(a):
CECILIA CIBELLA SHIBUYA
Assistente Social e Presidente da ABQV.
Diretora da PRÁTICA Consultoria Empresaria

2 de mai de 2011

Evite líquidos durante as refeições

O nosso trato digestivo produz 3 litros de sucos digestivos por dia. Só de saliva são produzidos 1,5 litros! Ainda assim, existem muitas pessoas que dizem não conseguir se alimentar sem tomar algum tipo de bebida, afirmando que o alimento “fica muito seco”.

Várias queixas digestivas podem ter origem a partir da ingestão de líquidos junto ao almoço ou jantar. Desde a boca até o intestino, o alimento sofre a ação de inúmeras enzimas. Para que haja uma boa qualidade do processo digestivo, questões como o PH é importante.

Quando ingerimos líquidos (água, sucos, e refrigerantes, sendo este último ainda mais nocivo) com as refeições, ocorre à diluição do suco gástrico com a modificação do PH local fazendo com que a atividade das enzimas fiquem comprometidas.

O mesmo, favorece não somente a melhor digestão, mas otimiza a absorção de ferro, cálcio, zinco, entre outras vitaminas/minerais, utilizadas em diversas reações bioquímicas.

As pessoas que têm necessidade de ingerir líquidos com as refeições normalmente possuem uma baixa ingestão hídrica ao longo do dia e associam o ato de comer a hora de se hidratar. A inclusão de líquidos durante as refeições também se deve, em parte a má mastigação, característica bastante comum em pessoas cada vez mais preocupadas, estressadas e com menos tempo destinado à sua alimentação.

Para quem tem este péssimo hábito de beber líquidos junto às refeições, existem algumas dicas importantes! A primeira e talvez a mais importante é a mastigação. A mastigação estimula a produção de saliva que além de umedecer os alimentos favorece enzimas digestivas que já iniciam o processo de digestão. Quem não mastiga tem a sensação de que o alimento está seco mesmo e torna mais difícil o processo digestivo.

A segunda dica é, pelo menos, evitar as bebidas gaseificadas (água com gás e refrigerantes) e limitar-se a 200 ml de líquidos por refeição (um copo pequeno de água ou suco). Primeiramente, faça toda a refeição e depois tome o líquido bem lentamente em pequenos goles. Gradativamente vá reduzindo a quantidade de líquidos ingeridos até a total exclusão.

O ideal seria não tomar líquido nenhum de 30 minutos até 2 horas depois das refeições
(tempo necessário para a digestão dos alimentos).

Outra dica é evitar preparações muito secas como: farinha, farofas e empadão, além de não exagerar no sal, pois pratos muito salgados darão mais sede. Esse processo pode levar meses, mas é importante tentar. Com o tempo, o líquido não fará falta nenhuma!
Pelo contrário, deixar de tomar líquidos com as refeições só fará bem para sua saúde!


Vanessa Mara Lodi
Nutricionista TreineBem
CRN10-2310