23 de set de 2011

Música para o coração


Ritmo, melodia e harmonia podem fazer o peito bater mais forte e feliz. Não é só papo de gente romântica, não. É a medicina de ponta que comprova e prescreve esse benefício
Pode ser a batida pop de Sting, a cadência dos sambas de Cartola, as sinfonias de Mozart ou ainda os tangos com incorporações de jazz de Astor Piazzolla. Não importa. Basta ouvir aquela música preferida para que uma cascata de emoções positivas venha à tona, fazendo a gente reviver dez, cem, mil vezes uma situação prazerosa. Amplificações à parte, o que um estudo da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, acaba de provar e apresentar para a Associação Americana do Coração é que aquelas canções consideradas especiais para um indivíduo têm efeito direto sobre a saúde cardíaca.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores resolveram medir, por meio de ultrassom, o diâmetro dos vasos sanguíneos no braço de dez voluntários saudáveis e não fumantes logo após uma sessão com suas músicas prediletas. Os participantes, no entanto, tiveram de se submeter a um jejum musical durante os 15 dias anteriores à medição, tudo para intensificar o impacto do estímulo sonoro na hora do experimento.

No dia D, foi pedido a eles que levassem os hits que mais lhes causavam contentamento — o estilo country, o sertanejo à americana, foi disparado o mais escolhido na experiência. Depois de 30 minutos ao som das canções, os cientistas observaram um aumento de 26% no calibre dos vasos, um resultado bastante expressivo — para ter uma ideia, um vídeo com o mesmo tempo de duração e tiradas bem-humoradas provocaram uma dilatação de 19%. Ainda a título de comparação, audiotapes para induzir ao relaxamento causaram uma distensão de 11%. Já a barulheira do heavy metal deixou os vasos 6% mais estreitos e os voluntários, ansiosos. 

5 de set de 2011

Conheça alguns motivos para beber líquidos



Quem consome água de forma regular durante o dia ajuda o corpo a funcionar melhor e previne problemas de saúde. A água tem um papel regulador de muitas funções de nosso organismo desde o controle da temperatura até o bom funcionamento do sistema circulatório e também manutenção da beleza e da saúde como um todo.
Alguns benefícios de beber líquidos: Auxilia no emagrecimento; Melhora o funcionamento do intestino ; Melhora a pele; Atua no transporte e absorção de nutrientes; Atua na saúde Ocular e Melhora o funcionamento renal.
O consumo de líquidos deve ocorrer durante todo o dia e nos intervalos das refeições, pois quando ingerimos muito líquido durante as refeições, a concentração de ácido clorídrico presente no estômago diminui e algumas enzimas são diluídas, prejudicando a digestão dos alimentos e podendo ocasionar indigestão e flatulência.

Dicas para aumentar o consumo de líquidos:

- A água não possui calorias e é fonte de minerais. Se você não gosta de água pura, crie uma versão aromatizada colocando folhas de hortelã, alecrim, rodelas de laranja ou limão. Uma boa dica para não esquecer de beber água é sempre ter uma garrafinha com você, no carro, no trabalho, em casa e na academia.

- Os chás também são ótimas opções para garantir a hidratação, entre as infusões mais apreciadas destacam-se:camomila, erva cidereira, erva doce, hortelã e menta. Os chás não devem ser adoçados, para dar sabor pode-se adicionar canela em pau, cravo, rodelas de laranja e tangerina. Experimente usar também cascas de maçã e limão, pedaços de morango, abacaxi e outras frutas.

- Os sucos de frutas são ricos em vitaminas e minerais, além de refrescantes, fornecem energia e hidratam. São inúmeras possibilidades de combinações de frutas para preparo de sucos naturais, mas se você prefere uma opção já pronta, em função da praticidade, opte por aqueles sem conservantes e sem adição de açúcar.
Taiana Bianchini
Professora Laboral TreineBem