29 de ago de 2011



O dia 29 de agosto foi escolhido como o dia nacional de combate ao fumo, quando são desenvolvidas campanhas alertando as pessoas dos males que o cigarro causa.
Desde 1840 o cigarro passou a ser industrializado, proporcionando um grande aumento de pessoas que fumam por todo o mundo. Antes, os cigarros eram feitos manualmente, como os cigarros de palha.
Fumar faz mal porque o fumo quando queimado produz mais de quatro mil substâncias químicas, sendo que sessenta delas são cancerígenas.

A dependência é causada pela nicotina, um dos elementos presentes no tabaco ou fumo. Após a ingestão da fumaça, o cérebro é estimulado ao prazer, porque a nicotina cai na corrente sanguínea. Com isso, o fumante tem sensação de bem-estar, atenua a ansiedade, diminui a fome, perde peso, sente-se relaxado, etc.
O fumo é uma planta variável em mais de sessenta espécies, que podem ser preparadas para mascar, cheirar ou fumar. Porém, apenas algumas delas são cultivadas para o processo de industrialização.
O fumante, com o passar do tempo, adquire uma doença denominada tabagismo, que se caracteriza pelo excesso de nicotina no organismo.

O tabagismo não é facilmente curado, pois os efeitos do cigarro são processados pelo cérebro e causam prazer. Com isso, o tratamento volta-se para psicoterapias, acupuntura, uso de adesivos e chicletes de nicotina (que juntam pequenas quantidades da mesma no organismo até que a pessoa chegue à baixa taxa), inaladores ou sprays nasais.
Os maiores produtores de fumo do Brasil são os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e Bahia.
As espécies mais cultivadas são de fumo para cigarro, charuto, cachimbo e o fumo de corda (aquele de rolo).

O maior dos malefícios do consumo de fumo é o câncer de pulmão, que responde por 90% dos casos da doença. Além desse, o cigarro também pode causar câncer de boca, mau hálito, dentes amarelados, impotência sexual, gangrena em partes do corpo (diminuição da circulação do sangue), dentre outras.
O tratamento do câncer de pulmão é de muito sofrimento e dor, tanto para o paciente quanto para sua família, pois é um tipo de câncer que pode levar facilmente ao óbito, em razão da sua capacidade de se disseminar para outras áreas do corpo.

Além das medicações que são fortes e causam efeitos colaterais no organismo, o paciente deve passar por sessões de quimioterapia, radioterapia, além de passar por procedimentos cirúrgicos.
Durante o tratamento, o paciente sente fortes dores no corpo, fica fragilizado e sem resistência, perde os cabelos, sofre com aftas e feridas na boca, náuseas e vômitos constantes, emagrece muito, fica anêmico e pode ou não apresentar febre (em razão da infecção).
Pessoas que não fumam devem ficar alertas, pois a inalação da fumaça do cigarro, mesmo que de outra pessoa, causa os mesmos males, sendo consideradas fumantes passivas. Outras nada podem fazer, como no caso de crianças que convivem com pais que fumam ou mesmo recebem a nicotina ainda na barriga da mãe.

Dessa forma, para se evitar a aquisição de um câncer ou outras doenças causadas pela fumaça do cigarro, o melhor a fazer é não fumar e ajudar a combater o consumo do fumo, do tabaco, devido aos sérios problemas que causam ao organismo.

Ajude, oriente, participe, essa campanha precisa de você!


Por: Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia
Equipe Brasil Escola

26 de ago de 2011

Você sabe o que é Kefir ?




O kefir, ou quefir, é um leite fermentado do tipo espumoso ou viscoso e levemente efervescente. Esse alimento é originário da Europa Oriental (região do Cáucaso, na Rússia). O nome é oriundo da palavra eslava Keif, que significa bem-estar e também é conhecido por outros nomes: kéfer, kefyr, kiaphur, kepi, knapon. Esse significado se dá pelo fato dessa bebida apresentar propriedades benéficas à saúde do homem, especialmente os efeitos probióticos relacionados ao seu consumo.

Para se obter o produto fermentado, é necessário adicionar os grãos de kefir (também chamados de grumos ou grânulos) em algum alimento (denominado substrato) para ocorrer a fermentação. Dessa maneira, o kefir pode ser produzido por meio de diversos tipos de leite (vaca, ovelha, cabra, búfala e égua), sendo o leite a base mais utilizada há milênios, ou suco de frutas, açúcar mascavo e água. Os grãos também contêm um aspecto gelatinoso, textura macia, firme e tamanho irregular.

Os grânulos de kefir são compostos por: açúcares (60 g/kg), proteínas (30 g/kg), gorduras (2 g/kg), minerais (7 g/kg) e água (900 g/kg). Entretanto, sua ação terapêutica é atribuída à presença de uma microbiota complexa. Ou seja, uma elevada diversidade de microorganismos é encontrada nos grãos de kefir, igualmente chamada de associação simbiótica. Essa simbiose inclui espécies de leveduras, bactérias ácido – acéticas e ácido – láticas. A composição de microorganismos nos grânulos pode variar conforme o tempo de utilização dos mesmos, a região de origem dos grãos, a forma de cultivo, o tipo de substrato usado na produção e as técnicas realizadas ao longo da manipulação.

Estudos realizados com o Kefir demonstraram vários efeitos benéficos à saúde, tais como a redução do estresse e da pressão arterial, aumento da imunidade, atividade antitumoral, antiinflamatório, redução de glicose e de gorduras no sangue, atividade antimicrobiana, prevenção de diarréias associadas a uso de antibióticos (por favorecer a flora intestinal normal, mantendo seu balanço e protegendo contra bactérias maléficas) e redução da constipação intestinal.

Além disso, a fermentação resulta em uma bebida com alta quantidade de vitamina B12, B6, ácido fólico, biotina e alguns aminoácidos. Também há diminuição da lactose presente no leite, possibilitando o consumo da bebida por pessoas intolerantes e aumentando o teor de ácido lático que age como conservante natural do alimento.

Para preparar o kefir, os grãos são inicialmente acrescentados ao leite em um recipiente de vidro limpo, devendo fermentar a temperatura ambiente (25°C) deixando descansar de um dia para o outro. Após a fermentação, deve-se coar o produto para separar os grãos. O líquido resultante é o kefir, que pode ser consumido fresco, adicionado de frutas, açúcar, mel, canela ou maturado. E após pode ser repetido o processo diariamente, lembrando que os grãos sempre devem ser lavados em água após a utilização para preservar suas propriedades. E ainda você poderá doar para um conhecido, amigo ou parente por os grânulos apresentam um aumento de 25%



Vanessa Mara Lodi

Nutricionista TreineBem

CRN 10-2310

25 de ago de 2011

O índice Glicêmico e o Esporte!



O índice glicêmico de um alimento se refere à velocidade com a qual o carboidrato presente no mesmo irá aumentar os níveis de glicose no sangue. Os carboidratos de alto índice glicêmico (rápida digestão e absorção) atravessam o sistema digestório e chegam rapidamente ao sangue. Essa situação eleva os níveis de glicose, aumentando a secreção de insulina. Já os carboidratos de baixo índice glicêmico (lenta digestão e absorção) passam lentamente pelo sistema digestório e chegam aos poucos na corrente sanguínea, mantendo baixos os níveis de insulina.

Quando utilizados corretamente, os diferentes tipos de carboidrato (nas horas certas) poderão trazer muitos benefícios para a prática esportiva, exemplo: mais energia para o treino, maior estoque de glicogênio muscular e no fígado, glicose estabilizada durante a prática da atividade, retardamento da fadiga, melhor recuperação muscular e menos acúmulo de gordura localizada.

Aprenda a utilizar:

1- Pré-treino: Na maioria das refeições devemos consumir carboidratos de baixo índice glicêmico, para controlarmos o aumento da insulina a todo o momento e aumentar a queima de gordura. Antes do exercício é crucial que você consuma esse tipo de carboidrato, para garantir que você fique bem disposto na próxima 1 hora-1h30 após o início do treino. Consuma de 20-40g de carboidratos de baixo índice glicêmico 1 hora antes do exercício juntamente com 10-20g de proteínas.

Sugestões:

Alimentos integrais, cereais, batata doce, maçã, pêra, iogurte light, barrinha de proteínas, arroz com feijão e carne, etc.

2-Durante o treino: Só será necessário que você consuma carboidratos durante o exercício caso ele dure mais do que 1h30-2h00 e seja de alta intensidade. Durante, você deverá consumir carboidratos de médio-alto índice glicêmico, como por exemplo, a maltodextrina ou até mesmo uma mistura de maltodextrina com dextrose (essa mistura tem mostrado mais eficácia no fornecimento de energia).

3-Pós-treino: Aqui os carboidratos de alto índice glicêmico são imprescindíveis. Se você deixar de fazer uma refeição após o treino, fará com que seu corpo utilize as proteínas musculares como fonte de energia, anulando todo o seu esforço. Ingerir 40g- 100g de carboidratos de absorção rápida irá aumentar a secreção de insulina o que recupera seus estoques de glicogênio e carrega aminoácidos aos músculos. Além dos carboidratos, coloque de 20-25g de proteínas para atuar no desenvolvimento muscular.

Sugestões: Mel, Pão branco, banana, bolo, suco de laranja, melancia, granola, arroz, macarrão, batata, milho, frutas secas, etc.



DICA: Os potencializadores de insulina são excelentes no pós-treino, pois facilitam a entrada de nutrientes nos músculos, melhorando sua recuperação e desenvolvimento.Você deve ter essa atenção independente do seu objetivo (aumentar massa muscular ou emagrecer). A dica é sempre então consumir carboidratos de alto índice glicêmico com proteínas (nunca um deles sozinho). Uma ótima combinação é a pós o treino consumir: 1 colher de sopa cheia de mel+1 medida ou scoop/medida de Whey Isolado. Importante: sempre se alimente de 3-3 horas, assim você mantém o bom funcionamento do metabolismo, melhora a queima e gordura e evita vários picos de insulina durante o dia todo. Resultado – menos acúmulo de gordura corporal, mais alimentos aos músculos e um corpo mais definido!

Vanessa Mara Lodi

Nutricionista TreineBem

CRN 10-2310

19 de ago de 2011

Desfrute a Natureza



Estar em contato com a natureza nos deixa tranqüilos e mais positivos. A simples contemplação dela já desencadeia a resposta de relaxamento. Num estudo realizado com estudantes que assistiram a filmes com cenas naturais ou urbanas, aqueles que visualizaram as imagens da natureza se recuperaram melhor do estresse. Quando contemplamos um horizonte vasto ou mergulhamos ou mergulhamos num mar ondulante, a catarse emocional é enorme. Sair para o ar livre também nos estimula a praticar exercícios, uma maneira garantida de relaxar. O mundo natural nos põe em contato com os pilares do universo: ar e água, fogo e terra. Medicinas tradicionais pregam os benefícios físicos e mentais de entrar em contato com esses elementos no macrocosmo (o mundo) e de visualizá-los no microcosmos ( o corpo humano)



Fonte: 1001 maneiras de Relaxar – Susannar Marriott

18 de ago de 2011

Tédio no Trabalho



É um sintoma que pode acontecer em diferentes situações da vida de qualquer pessoa: pessoal, profissional e nos relacionamentos. Muitos descrevem o tédio como sendo um sentimento estranho e negativo, é como se faltasse estimulo ou desejo para realizar algo. É a falta de interesse de algo conhecido, repetitivo e sem graça. A vida é cheia de opções e as pessoas entediadas normalmente estão distraídas para as diversas maravilhas que a vida nos reserva, sendo assim parece tudo igual, já sabido, sem curiosidade e tanto pouco com novidades. Pode-se dizer que o tédio e? uma falta de interesse por fazer, ouvir e sentir.

Consequências

Quem sente tédio deixa o tempo passar sem realização, é como se perdesse a capacidade de ação. E isso é terrível para um funcionário dentro da empresa. Seus projetos e suas obrigações ficam parados e o desânimo parece vencer a batalha. Com isso a sensação do tempo fica distorcida e parece correr na direção contraria do relógio. Ter tempo de sobra sem saber o que fazer é considerado entediante por muitos. A sensação é de lentidão e em alguns casos ate mesmo de torpor.

E a empresa só perde com isso. O tédio é quase o oposto da motivação. É preciso cuidar desse funcionário para que ele volte a ser produtivo seja através de treinamento, orientação e cuidados em grupo e individuais (sessões de coaching). As pessoas esperam receber muito mais do que o salário do mês, querem reconhecimento, prestigio, sucesso, e principalmente motivação.

Por isso é difícil que um funcionário se sinta realizado profissionalmente se não houver interesse por aquilo que faz. E o fato de não ter vontade, ou prazer, é muitas vezes frustrante. Uma empresa pode cuidar da saúde mental de seu funcionário ao pensar em deixa-lo motivado e interessado no seu dia a dia de trabalho alem de dar tarefas e obrigações a serem cumpridas. Empregado motivado diminui número de faltas e consequentemente seu serviço rende mais. Estar interessado no trabalho é fazer não só o que lhe foi solicitado, mas também permanecer de olho abertos para as possibilidades com dedicação e ação. Quem sente prazer ao realizar suas atividades é capaz de criar e interagir ao invés de somente seguir ordem e comando que lhe foram impostos.

Para que isso aconteça, é preciso lidar melhor com coisas externas e internas, como administrar melhor o tempo e o próprio humor. Ficar ocioso nem sempre é algo bem vindo. Nem todos sabem descansar e curtir o presente sem estar com a cabeça em outro lugar. Saber viver no aqui e agora e desfruta-lo é uma arte.

Tédio X depressão

Sentir tédio também pode ser um dentre vários sintomas de depressão. Ela é uma doença que merece e deve ser tratada com atenção. Funcionários doentes, não são suficientemente capazes de render e muito menos produzir o que a empresa precisa para funcionar corretamente. Lembre-se um sintoma isolado não caracteriza a doença de depressão, mas é um dado relevante que deve ser pesquisado para a busca de uma cura ou melhora na qualidade de vida da pessoa que sente tédio. Para um diagnostico adequado busque orientação de um profissional qualificado. Não é recomendado autodiagnóstico, pois o tratamento pode ser diferente para cada pessoa e somente um especialista é capaz de conduzir da melhor forma entre as variáveis existentes.

O Projeto Laboral TreineBem atua diretamente no bem estar e na qualidade de vida do colaborador, desta forma consequentemente a sua empresa terá um ganho de produtividade. Experimente, sua empresa merece!

Fonte: http://www.minhavida.com.br/conteudo/13628-Tedio-no-trabalho-pode-causar-problemas-na-vida-profissional.htm

17 de ago de 2011

Escolha um esporte e mantenha a forma.



Não seria bom se você pudesse se divertir ao mesmo tempo em que entra em forma? Pois saiba que é possível. Praticando esportes coletivos você emagrece, melhora a coordenação motora e ainda faz amigos.

Uma pesquisa da Universidade de Copenhague, na Dinamarca, mostrou que jogar futebol é melhor do que correr. Pesquisadores acompanharam o desempenho de 100 mulheres saudáveis divididas em três grupos. O primeiro jogou futebol, o segundo correu e o terceiro não praticou nenhuma atividade. Depois de quatro meses, todas foram submetidas a exames. Em termos de saúde, boleiras e corredoras ficaram empatadas. Mas as mulheres que jogaram futebol tiveram maior fortalecimento muscular. A explicação? Enquanto as corredoras se exercitam pensando em emagrecer, as jogadoras o fazem pensando em se divertir e interagir com outras pessoas, o que é mais motivador.
Jogar futebol gasta, em média, 600 calorias por hora. Mas se essa não é a sua praia, há várias outras opções: handebol (600 calorias/hora), tênis (500 calorias/hora), basquete (400 calorias/hora), vôlei (300 calorias/hora), frescobol (400 calorias/hora) e futvôlei (600 calorias/hora).

"Esportes coletivos tendem a ser um pouco mais completos e divertidos do que uma corrida na esteira, por exemplo. Há trabalho cardiovascular e de musculaturas especificas", explica a técnica de futsal Paula Matsushita. Ela também explica que essas atividades ajudam a desenvolver a coordenação motora, até mesmo na idade adulta.

Mulheres que praticam futebol trabalham mais os membros inferiores. Quem opta pelo handebol, define peitoral, ombros, braços e pernas. Os agachamentos do vôlei ajudam a deixar o bumbum bem torneado, além de trabalhar braços e abdômen. O basquete exige equilíbrio e impulsão e põe para trabalhar músculos dos ombros, braços, pernas e bumbum.
Para evitar lesões, o ideal é conciliar a prática de esportes à musculação. "Um fortalecimento muscular é bem vindo para prevenir lesões articulares. Elas geralmente são acompanhadas de um preparo físico inadequado e por excesso de atividade", explica Paula. A técnica afirma que a maior parte dos erros acontece quando não houve um ensino adequado da modalidade.

Alongue-se antes e depois do exercício. O alongamento prévio, associado a um bom aquecimento, estica a fibra muscular ao tamanho máximo (como um elástico), prevenindo lesões. Durante o exercício, as fibras musculares se encurtam. Por isso também é importante alongar-se depois da atividade, para que as fibras voltem ao tamanho normal.
Antes de qualquer atividade física, o aluno deve passar por uma avaliação e, a partir dos resultados, adequar o treino de acordo com suas características. Se for praticar atividades ao ar livre não se esqueça de manter-se sempre muito bem hidratado e passar um filtro solar potente.

E lembre-se: o barato pode sair caro. Invista em calçados específicos para a modalidade que for praticar. Tênis de má qualidade não amortecem o impacto e podem sobrecarregar as articulações do joelho, pé e tornozelo. Em casos graves, você pode acabar com músculos ou tendões inflamados ou até mesmo terminar com uma fratura por estresse, dependendo do impacto empregado.

16 de ago de 2011

Cuide bem de sua pele!



Até os menos vaidosos ficam incomodados com problemas de pele, como acne, cravos e rugas profundas. Mesmo alguns cuidados, como evitar sair de casa sem passar protetor solar e a utilização de cremes antienvelhecimento, podem não ser o suficiente para deixar a pele jovem e saudável. "A pele também precisa de nutrição, principalmente a de quem tem histórico de problemas dermatológicos, como acne, espinhas e cravos", explica a nutricionista Daniela Jobst, da Unifesp. Dentre todos os nutrientes, as vitaminas ganham destaque, já que o consumo de algumas delas deixam a pele mais saudável e protegida da ação do tempo.

Acne- Espinhas

As espinhas, ou acne, formam-se porque há um entupimento no poro que drena para a superfície da pele as gorduras produzidas pela glândula sebácea. Esse tampão pode inflamar o poro, deixando as lesões avermelhadas, pustulosas e com aparência desagradável."A vitamina A, também chamada de retinol ajuda na saúde da pele, pois tem ação antioxidante e auxilia na restauração de lesões na pele", explica a nutricionista Daniela Jobst, da Unifesp. Esse nutriente também balanceia a produção de secreções das glândulas sebáceas, dificultando que os poros fiquem entupidos e inflamados.
A vitamina A pode ser encontrada com facilidade em alimentos consumidos no dia a dia, mas suas principais fontes são abacate, brócolis, cenoura, espinafre e outros legumes verdes.

Rugas

"A vitamina B2, ou riboflavina, auxilia na saúde da pele, pois ajuda a aumentar a produção de energia. Sua ausência pode provocar lesões na pele e nos lábios, dermatite, entre outras inflamações. Ela também impede o cabelo e as unhas de ficarem secos e quebradiços", explica a especialista. Além disso, essa vitamina promove uma renovação celular mais acelerada, deixando a pele firme e saudável, o que combate rugas e marcas de expressão no rosto.

"O leite é a maior fonte de vitamina B2 que encontramos na natureza e deve fazer parte da dieta de quem busca retardar o envelhecimento da pele. Laticínios, como queijo e iogurte, também são boas fontes de B2", diz Daniela Jobst. Mas as pessoas com alergia a lactose devem tomar cuidado com o consumo desses alimentos e devem procurar outras fontes da vitamina B2, como fígado e folhas verdes.


15 de ago de 2011

O Poder das Frutas Vermelhas.





A cor vermelha das frutas é sinônimo de que poderosos antioxidantes se encontram no alimento. Entre eles estão a antocianina e o ácido elágico, responsáveis por grande parte dos benefícios do morango, amora, framboesa, cereja e romã.

Já a melancia e a goiaba, além do morango, são importantes fontes de licopeno. Essa substância, que confere a cor vermelha às frutas, evita o surgimento de doenças cardiovasculares, devido ao seu poder de redução do colesterol ruim (LDL). Também tem importante papel na prevenção de câncer, especialmente o de próstata.

Porém, nem só de antioxidantes vivem as frutas de cor avermelhada, vamos descobrir os benefícios de cada um em nosso organismo.

APROVEITE AO MÁXIMO

O morango é realmente uma excelente fonte de antioxidantes. Além de antocianina, ácido elágico e licopeno, essa fruta apresenta catequina e delphinidin, dois compostos fenólicos que potencializam a ação contra os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce das células. Não é à toa que, devido a esse time antioxidante, o morango é uma das frutas que mais favorecem o rejuvenescimento da pele. A catequina ainda auxilia no fortalecimento das defesas do organismo.

PODER ANTI-INFLAMATÓRIO

Mais conhecida por ser a fruta que enfeita o topo do bolo ou do sorvete a cereja, quando consumida fresca pode trazer muitos outros benefícios. Seus principais nutrientes são os ácidos naturais, como o salicílico, o succínico e o málico.

O ácido salicílico possui potente efeito anti-inflamatório, tão importante que a substância é utilizada como um dos componentes de analgésicos. Já os ácidos succínico e málico eliminam toxinas do sangue e estimulam as glândulas digestivas.

PELE REJUVENESCIDA

Característica das estações quentes, a amora é uma fruta pequena, de sabor bem adocicado e com uma coloração que varia entre o vermelho e o preto.

É uma importante fonte de silício, mineral que estimula as proteínas de sustentação (colágeno e elastina), dando firmeza e tonicidade à pele. Por isso o mineral, junto com os antioxidantes da amora, favorece o rejuvenescimento do corpo.

FIBRAS PODEROSAS

A framboesa está entre as frutas mais ricas em fibras solúveis. Essas fibras, ao ajudarem na eliminação de gorduras, melhoram os níveis de colesterol no sangue, reduzem o risco da formação de cálculos biliares e retiram metais e toxinas indesejáveis do corpo, fazendo uma verdadeira faxina no organismo.

HIDRATAÇÃO PARA O ORGANISMO

A melancia tem 90% de água, essa grande quantidade faz da fruta uma ótima fonte de hidratação, principalmente depois de um exercício físico ou nos dias quentes de verão. Além disso, favorece a eliminação de líquidos retidos no organismo, combatendo os indesejados inchaços.

A melancia também favorece vitaminas C e do complexo B, além de minerais como cálcio, ferro, fósforo. O fósforo faz parte da estrutura das membranas das células, além de ser essencial à transmissão de impulsos nervosos e armazenamento e liberação de energia.

BARREIRA CONTRA O CÂNCER

Além do ácido elágico, a romã conta com os benefícios de mais dois tipos de ácidos: o gálico e o protocatequínico. Juntos, eles barram moléculas que danificam as estruturas das células que podem causar câncer, afirmam um estudo pela Universidade de São Paulo (USP), que também atribui aos ácidos elágico e gálico o poder de proteger as paredes internas das artérias, reduzindo as chances de ocorrer problemas cardiovasculares, como infarto e AVC (Acidente Vascular Cerebral).

ALIADA DO PESO

Além de trazer muitos benefícios à saúde, a goiaba pode ser uma ótima aliada na perda de peso. Isso porque possui apenas 54 calorias a cada 100g e é repleta de fibras da polpa até a casca. Como esses nutrientes demoram mais para serem digeridos, acabam prolongando a sensação de saciedade e mantêm a fome longe por mais tempo. As fibras ainda melhoram o funcionamento do intestino e contribuem para a regulação dos níveis de colesterol e glicose do sangue.

Vanessa Mara Lodi
Nutricionista TreineBem
CR10-2310

12 de ago de 2011

Muito Obrigado Pai!





Muito obrigado, papai
Eu tirei seu sono,
fiz você sorrir,
e aprontei bastante.

Mesmo assim, você, contou histórias pra eu dormir.
Às vezes perto,
às vezes longe,
mas sempre preocupado.

Por tudo isso, papai, muito obrigado.
Feliz Dia dos Pais 2011!

Autor: desconhecido
Fonte: belasmensagens.com.br

11 de ago de 2011

Caminhada, agora você está convencido?



Como o corpo inteiro passa a gastar energia durante uma caminhada, o nosso organismo adormece mais rapidamente no final do dia. Por isso, poucas pessoas que caminham frequentemente têm insônia e, consequentemente, não tem sonolência no dia seguinte.

Para você que precisa de mais incentivos para caminhar, segue mais algumas dicas.

*Mantém o peso em equilíbrio e emagrece
Esse talvez seja o benefício mais famoso da caminhada. "É claro que caminhar emagrece. Se você está acostumado a gastar uma determinada quantidade de energia e começa a caminhar, o seu corpo passa a ter uma maior demanda calórica que causa uma queima de gorduras localizadas", afirma Paulo Correia.
E o papel da caminhada na perda de peso não para por aí. Pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostrou que, mesmo horas depois do exercício, a pessoa continua a emagrecer devido à aceleração do metabolismo causada pelo aumento na circulação, respiração e atividade muscular.
A conclusão foi de que os músculos dos atletas convertem constantemente mais energia em calor do que os de indivíduos sedentários. Isso ocorre porque quem faz um treinamento intensivo de resistência, como é o caso da caminhada, tem um metabolismo mais acelerado.

*Controla a vontade de comer
Um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, sugere que fazer caminhadas pode conter o vício pelo chocolate. Durante o estudo, foram avaliadas 25 pessoas que consumiam uma quantidade de pelo menos 100 gramas por dia de chocolate. Os chocólatras tiveram que renunciar ao consumo do doce e foram divididos em dois grupos, sendo que um deles faria uma caminhada diária.
Os pesquisadores perceberam que não comer o chocolate, juntamente com o estresse provocado pelo dia a dia, aumentava a vontade de consumir o doce. Mas, uma caminhada de 15 minutos em uma esteira proporciona uma redução significativa da vontade pela guloseima.

"Além de ocupar o tempo com outra coisa que não seja a comida, a caminhada libera hormônios, como a endorfina, que relaxam e combatem o estresse, efeito que muitas pessoas buscam compulsivamente na comida", afirma Paulo Correia.

*Protege contra derrames e infartos
Quem anda mantém a saúde protegida das doenças cardiovasculares. Por ajudar a controlar a pressão sanguínea, caminhar é um fator de proteção contra derrames e infarto. "Os vasos ficam mais elásticos e mais propícios a se dilatarem quando há alguma obstrução. Isso impede que as artérias parem de transportar sangue ou entupam", diz Paulo.
A caminhada também regula os níveis de colesterol no corpo. Ela age tanto na diminuição na produção de gorduras ruins ao organismo, que têm mais facilidade de se acumular nas paredes dos vasos sanguíneos e por isso causar derrames e infartos, como no aumento na produção de HDL, mais conhecido como colesterol bom.

*Diabetes
A insulina, substância que é responsável pela absorção de glicose pelas células do corpo, é produzida em maior quantidade durante a prática da caminhada, já que a atividade do pâncreas e do fígado são estimuladas durante a caminhada devido à maior circulação de sangue em todos os órgãos.
Outro ponto importante é que o treinamento aeróbico intenso produzido pela caminhada é capaz de reverter a resistência à insulina, um fator importante para o desenvolvimento de diabetes. Assim fica comprovado que os exercícios têm ainda mais benefícios contra o mal do que se pensava anteriormente.

"Quanto maior a quantidade de insulina no sangue, maior a capacidade das células absorverem a glicose. Quando esse açúcar está circulando livremente no sangue, pode causar diabetes", explica o fisiologista da Unifesp.

10 de ago de 2011

Continue caminhando!



Veja quantos benefícios a caminha pode trazer para nossa saúde.
Participe você também do Clube VivaBem e de um "UP" na sua qualidade de vida.

Confira:

*Afasta a depressão
Durante a caminhada, nosso corpo libera uma quantidade maior de endorfina, hormônio produzido pela hipófise, responsável pela sensação de alegria e relaxamento. Quando uma pessoa começa a praticar exercícios, ela automaticamente produz endorfina.
Depois de um tempo, é preciso praticar ainda mais exercícios para sentir o efeito benéfico do hormônio. "Começar a caminhar é o inicio de um círculo vicioso. Quando mais você caminha, mais endorfina seu organismo produz, o que te dá mais ânimo. Esse relaxamento também faz com que você esteja preparado para passar cada vez mais tempo caminhando", explica Paulo Correia.

*Aumenta a sensação de bem-estar
Uma breve caminhada em áreas verdes, como parques e jardins, pode melhorar significativamente a saúde mental, trazendo benefícios para o humor e a autoestima, de acordo com um estudo feito pela Universidade de Essex, no Reino Unido.
Comparando dados de 1,2 mil pessoas de diferentes idades, gêneros e status de saúde mental, os pesquisadores descobriram que aqueles que se envolviam em caminhadas ao ar livre e também, ciclismo, jardinagem, pesca, canoagem, equitação e agricultura, apresentavam efeitos positivos em relação ao humor e à autoestima, mesmo que essas atividades fossem praticadas por apenas alguns minutos diários.

*Deixa o cérebro mais saudável
Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento. Entretanto, um novo estudo da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, mostra que esse efeito antienvelhecimento do exercício pode ser possível também em relação ao cérebro, ao aumentar seus circuitos e reduzir os riscos de problemas de memória e de atenção. "Os estímulos que recebemos quando caminhamos aumento a nossa coordenação e fazem com que nosso cérebro seja capaz de responder a cada vez mais estímulos, sejam eles visuais, táteis, sonoros e olfativos", comenta Paulo Correia.
Outro estudo feito pela Universidade de Pittsburgh, afirma que as pessoas que caminham em média 10 quilômetros por semana apresentam metade dos riscos de ter uma diminuição no volume cerebral. Isso pode ser um fator decisivo na prevenção de vários tipos de demência, inclusive a doença de Alzheimer, que mata lentamente as células cerebrais.

*Diminui a sonolência
A caminhada durante o dia faz com que o nosso corpo tenha um pico na produção de substâncias estimulantes, como a adrenalina. Essa substância deixa o corpo mais disposto durante as horas subsequentes ao exercício. Somado a isso, a caminhada melhora a qualidade do sono de noite.

Confira amanha mais dicas sobre este exercício simples, porém muito importante.

Fonte: http://www.minhavida.com.br/

9 de ago de 2011

Caminhadas, pratique!



Você conhece algum exercício mais fácil de praticar do que a caminhada? Ela não exige habilidade, é barata, pode ser feito praticamente a qualquer hora do dia, não tem restrição de idade. Além da melhora do condicionamento físico, as vantagens de caminhar para a saúde do corpo e da mente são muitas, e comprovadas pela ciência. Alguns benefícios da caminhada:

*Melhora a circulação

Um estudo feito pela USP, de Ribeirão Preto, provou que caminhar durante aproximadamente 40 minutos é capaz de reduzir a pressão arterialdurante 24 horas após o término do exercício. Isso acontece porque durante a prática do exercício, o fluxo de sangue aumenta, levando os vasos sanguíneos a se expandirem, diminuindo a pressão.

Além disso, a caminhada faz com que a as válvulas do coração trabalhem mais, melhorando a circulação de hemoglobina a e oxigenação do corpo. "Com o maior bombeamento de sangue para o pulmão, o sangue fica mais rico em oxigênio. Somado a isso, a caminhada também faz as artérias, veias e vasos capilares se dilatarem, tornando o transporte de oxigênio mais eficiente às partes periféricas do organismo, como braços e pernas", explica o fisiologista Paulo Correia.

*Deixa o pulmão mais eficiente

O pulmão também é bastante beneficiado quando caminhamos. De acordo com Paulo Correia, as trocas gasosas que ocorrem nesse órgão passam a ser mais poderosas quando caminhamos com frequência. Isso faz com que uma quantidade maior de impurezas saia do pulmão, deixando-o mais livre de catarros e poeiras.
"A prática da caminhada, se aconselhada por um médico, pode ajudar também a dilatar os brônquios e prevenir algumas inflamações nas vias aéreas, como bronquite. Em alguns casos mais simples, ela tem o mesmo efeito de um xarope bronco dilatador", explica.

*Combate a osteoporose

O impacto dos pés com o chão tem efeito benéfico aos ossos. A compressão dos ossos da perna, e a movimentação de todo o esqueleto durante uma caminhada faz com que haja uma maior quantidade estímulos elétricos em nossos ossos, chamados de piezelétrico. Esse estímulo facilita a absorção de cálcio, deixando os ossos mais resistentes e menos propensos a sofrerem com a osteoporose.
"Na fase inicial da perda de massa óssea, a caminhada é uma boa maneira de fortalecer os ossos. Mesmo assim, quando o quadro já é de osteoporose, andar frequentemente pode diminuir o avanço da doença", diz o fisiologista da Unifesp.


8 de ago de 2011

Um grande Homem, que virou um grande Anjo!


Nós do CLUBE VIVA BEM, na grande maioria dos dias, compartilhamos grandes conquistas, muitas alegrias e conhecemos muitas pessoas. Algumas tornam-se colegas, outras apenas conhecidas, outras, ainda AMIGAS, não pelo tempo de convivência, mas principalmente pelo que transmitem... sem explicação, só marcam... ou melhor cravam no teu coração, no teu SER uma imagem de bonança, paz e amor. Assim foi a presença do Carlos. Os seus ensinamentos, exemplos e vitórias ficaram para sempre na memória de todos seus familiares e colegas. Para este grande homem, que neste momento virou um grande anjo. Uma homenagem do time TreineBem!

5 de ago de 2011

Hoje é o dia nacional da Saúde.



“Saúde não é apenas a ausência de doenças, mas o bem-estar físico, mental e social”. A definição da Organização Mundial de Saúde (OMS) para o indivíduo que não apresenta enfermidade alguma é a melhor para determinar o porquê da celebração, nesta quinta-feira (5), do Dia Nacional da Saúde. A data, criada para homenagear o bacteriologista Oswaldo Cruz (que nasceu neste dia, em 1872), pioneiro no estudo de doenças tropicais e da medicina experimental no Brasil, pode ser uma época ideal para iniciar hábitos saudáveis.

Devemos cuidar da nossa saúde todos os dias como quem cuida de um tesouro precioso. Uma boa alimentação, bastante água, exercícios físicos, repouso, lazer e higiene pessoal são elementos muito importantes para uma boa saúde.
Fazer uma boa avaliação médica anualmente (no mínimo) e não esquecer da boa higiene. Evitar o fumo, o álcool e a auto-medicação. Manter as dosagens de colesterol, triglicerídeos, glicose e outros em níveis normais, enfim, cuidar muito bem da saúde, o bem mais precioso do ser humano.

Em todo o Brasil estão sendo realizadas ações de orientação a população. Informe-se onde está sendo realizada essa ação em sua cidade e passe para conferir como anda a sua saúde.

4 de ago de 2011

Alimentação


As doenças causadas por deficiências nutricionais impedem que milhares de pessoas tenham saúde e bem-estar, por isso é essencial uma boa alimentação para ter uma vida saudável.
O momento das refeições deve ser tranqüilo, é preciso se concentrar na alimentação, saboreie bem os alimentos, esteja consciente do que você está comendo, não é hora de preocupações e de conversas.

Comer várias vezes ao dia, para não comer demais numa única refeição – pequenos volumes ingeridos várias vezes ao dia fazem com que um estômago dilatado volte aos poucos ao normal.
Procure ingerir alimentos limpos, frescos, variados e coloridos.
É importante ter um cardápio bem variado e comer de tudo, desde que em moderação, dê atenção para a ingestão de líquidos, frutas, verduras e fibras. Estes devem assegurar um bom funcionamento do intestino e auxiliam o tratamento de doenças.

3 de ago de 2011

Estilo e Qualidade de Vida.



Através de um estilo de vida saudável, pode-se reduzir os riscos de desenvolver doenças. Procure aumentar sua saúde, bem-estar e qualidade de vida.
Se você deseja ter um dia feliz, com uma agradável sensação de bem-estar, siga algumas orientações:

Ao acordar, estique lentamente os braços e pernas, depois vire o corpo jogando as pernas para um lado e depois para o outro e finalize sentada de joelhos esticando os braços para cima. Todos esses movimentos duram cerca de 1 minuto. Se tiver mais algum tempo, realize um alongamento completo, ainda deitada, esticando principalmente a coluna, braços e pernas. Lembre-se que o alongamento é essencial para manter a região das costas ereta, pois com o passar dos anos ela tende a encolher. Espreguiçar é um movimento natural que alonga toda a musculatura corporal.

Comece o dia agradecendo… Procure agradecer todas as coisas boas que acontecem na sua vida, ao invés de reclamar. Aproveite ainda esse momento para pensar nas coisas boas que irá realizar durante o dia, e tenha só pensamentos positivos.

Sempre procure tomar algum líquido, antes da primeira refeição do dia, água ou sucos verdes. O mais aconselhável é água com limão, este possui várias funções terapêuticas como alcalinizar, cicatrizar e desinfetar tecidos, como também desintoxicar o sangue. O que é importante é tomá-lo fresco e não colocar açúcar, além disso, vai hidratar seu organismo, que ficou muito tempo sem a ingestão de líquidos.


1 de ago de 2011

Benefícios que a Uva nos proporciona.



Uma substância encontrada nas uvas, os flavonóides, são conhecidos por terem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Uma nova pesquisa, desenvolvida na Universidade de Barcelona (Espanha), encontrou mais um aspecto benéfico desses compostos – eles podem reduzir os danos causados à pele pela radiação ultravioleta do sol.

A exposição da pele ao sol faz com que os raios UV ativem espécies reativas de oxigênio, compostos químicos que são resultados da redução do oxigênio das moléculas. Isso estimula e desencadeia outras reações que levam à morte das células. A ação dos flavonóides pode reduzir a formação das espécies na pele que ficou exposta ao sol por muito tempo, reduzindo também os danos causados.

De acordo com a pesquisadora Marta Cascante, os flavonóides “inibem a geração da espécie reativa ao oxigênio (...) significando que eles têm um efeito protetor contra a radiação ultravioleta emitida pelo sol”.