18 de ago de 2011

Tédio no Trabalho



É um sintoma que pode acontecer em diferentes situações da vida de qualquer pessoa: pessoal, profissional e nos relacionamentos. Muitos descrevem o tédio como sendo um sentimento estranho e negativo, é como se faltasse estimulo ou desejo para realizar algo. É a falta de interesse de algo conhecido, repetitivo e sem graça. A vida é cheia de opções e as pessoas entediadas normalmente estão distraídas para as diversas maravilhas que a vida nos reserva, sendo assim parece tudo igual, já sabido, sem curiosidade e tanto pouco com novidades. Pode-se dizer que o tédio e? uma falta de interesse por fazer, ouvir e sentir.

Consequências

Quem sente tédio deixa o tempo passar sem realização, é como se perdesse a capacidade de ação. E isso é terrível para um funcionário dentro da empresa. Seus projetos e suas obrigações ficam parados e o desânimo parece vencer a batalha. Com isso a sensação do tempo fica distorcida e parece correr na direção contraria do relógio. Ter tempo de sobra sem saber o que fazer é considerado entediante por muitos. A sensação é de lentidão e em alguns casos ate mesmo de torpor.

E a empresa só perde com isso. O tédio é quase o oposto da motivação. É preciso cuidar desse funcionário para que ele volte a ser produtivo seja através de treinamento, orientação e cuidados em grupo e individuais (sessões de coaching). As pessoas esperam receber muito mais do que o salário do mês, querem reconhecimento, prestigio, sucesso, e principalmente motivação.

Por isso é difícil que um funcionário se sinta realizado profissionalmente se não houver interesse por aquilo que faz. E o fato de não ter vontade, ou prazer, é muitas vezes frustrante. Uma empresa pode cuidar da saúde mental de seu funcionário ao pensar em deixa-lo motivado e interessado no seu dia a dia de trabalho alem de dar tarefas e obrigações a serem cumpridas. Empregado motivado diminui número de faltas e consequentemente seu serviço rende mais. Estar interessado no trabalho é fazer não só o que lhe foi solicitado, mas também permanecer de olho abertos para as possibilidades com dedicação e ação. Quem sente prazer ao realizar suas atividades é capaz de criar e interagir ao invés de somente seguir ordem e comando que lhe foram impostos.

Para que isso aconteça, é preciso lidar melhor com coisas externas e internas, como administrar melhor o tempo e o próprio humor. Ficar ocioso nem sempre é algo bem vindo. Nem todos sabem descansar e curtir o presente sem estar com a cabeça em outro lugar. Saber viver no aqui e agora e desfruta-lo é uma arte.

Tédio X depressão

Sentir tédio também pode ser um dentre vários sintomas de depressão. Ela é uma doença que merece e deve ser tratada com atenção. Funcionários doentes, não são suficientemente capazes de render e muito menos produzir o que a empresa precisa para funcionar corretamente. Lembre-se um sintoma isolado não caracteriza a doença de depressão, mas é um dado relevante que deve ser pesquisado para a busca de uma cura ou melhora na qualidade de vida da pessoa que sente tédio. Para um diagnostico adequado busque orientação de um profissional qualificado. Não é recomendado autodiagnóstico, pois o tratamento pode ser diferente para cada pessoa e somente um especialista é capaz de conduzir da melhor forma entre as variáveis existentes.

O Projeto Laboral TreineBem atua diretamente no bem estar e na qualidade de vida do colaborador, desta forma consequentemente a sua empresa terá um ganho de produtividade. Experimente, sua empresa merece!

Fonte: http://www.minhavida.com.br/conteudo/13628-Tedio-no-trabalho-pode-causar-problemas-na-vida-profissional.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário