16 de nov de 2011

Dicas para controlar o Diabetes!



Todo mundo sabe que a nossa alimentação é um dos fatores mais importantes para a manutenção da nossa saúde, entretanto para os indivíduos portadores de diabetes, a dieta é tão importante quanto os medicamentos, desta forma, seguem algumas dicas importantes para melhorar o controle da taxa de açúcar no sangue e principalmente ter melhor qualidade de vida!
-Siga a dieta todos os dias: mesmo nas férias e finais de semanas, principalmente se estiver usando insulina;
-Coma pouco e várias vezes por dia, em horários fixos: os horários das refeições devem ser regulares para evitar problemas de hiperglicemia ou hipoglicemia. Mantenha um intervalo de três a quatro horas entre cada refeição, evitando assim o risco de hipoglicemia (queda do açúcar no sangue);
-Evite ficar várias horas sem comer para não exagerar na refeição seguinte;
-Evite doces e açúcares simples: estes alimentos (chocolate, açúcar, mel, doçuras em geral) aumentam muito as taxas de açúcar no sangue, e desta forma devem ser evitados. Se a vontade for muito grande, prefira sempre a versão Diet (que é desenvolvida especialmente para diabéticos por ser sem açúcar) e ingeri-los (em pequena quantidade) após as refeições principais (almoço e jantar) ricas em fibras, como verduras e legumes (crus e cozidos) e frutas (com casca ou bagaço), pois devido as fibras ajudam na absorção destes além de contribuem para o controle da glicemia;
-Não exagere na quantidade de frutas durante o dia: lembre-se que as frutas também possuem um tipo de açúcar (frutose). Coma no máximo três a cinco frutas/dia.
-Tome cuidado com alimentos lights e diets: nos produtos diets, o açúcar é substituído por adoçantes, sendo indicado para diabéticos, entretanto os alimentos lights contêm apenas quantidades menores de algum componente (que pode se açúcar);
Lembre-se que estes alimentos (tanto os diet como os light) frequentemente, possuem farinhas e gorduras. Desta forma, sempre que tiver dúvida, verifique os ingredientes no rótulo, ou consulte seu nutricionista.
-Reduza o consumo de gorduras: no preparo dos alimentos use óleos vegetais, como os de soja, arroz, girassol, gergelim, canola ou azeite de oliva extra virgem. Evite carnes com gorduras, embutidos (presunto, salsichas, salames), queijos amarelos, creme de leite, maionese e manteiga. Prefira leite e derivados desnatados (iogurte, ricota, queijo minas, queijo cottage, leite desnatado.);

Não se esqueça a dieta para diabetes é a mesma que qualquer pessoa que se preocupa com qualidade de vida deve adotar: pouco açúcar e gordura, rica em fibras e atividade física. Estas práticas alimentares e de vida certamente lhe trarão boas recompensas no futuro, lembre-se disso! Boa Sorte!

Vanessa Mara Lodi
Nutricionista TreineBem 
CRN10-2310 

28 de out de 2011

Dicas: Trilha dos Naufragados - 29/Outubro - Sábado



Fala Povo e Póva!!!

Neste sábado teremos mais um passeio por trilha, que acontecerá sábado, dia 29/Outubro, na Trilha dos Naufragados.
Esta é uma trilha muito tranquila (sem pegadinhas e sem pedras!). É considerada moderada, mas pela caminhada entre 1h e 1h30min, mas não oferece nenhuma dificuldade.

Fiquem atentos aos locais e horários:

Local de Concentração no Centro: Terminal Antigo Cidade de Florianópolis
Horário: 08h
Local de Início da Trilha de Naufragados: Estacionamento no "pé" da trilha - final da estrada geral para a Caieira da Barra do Sul - Ribeirão da Ilha
Horário: 09h
Estes são os horários de partida e respeitaremos como deve ser. Por favor, chegue antes ou avise-nos em caso de dificuldades.
Previsão de retorno - início da tarde, por volta das 14:00h

Para que tudo corra muito bem, seguem algumas dicas:

1. Confirme sua participação até às 18h de sexta, dia 28/Outubro no email contato@treinebem.com ou telefone 3879-1006

2. Levar lanches leves (sanduíches, bolachas, barra de cereais). Faremos um pic-nic estendendo as cangas e toalhas o chão e compartihando com todos, então, leve "um pouco a mais" para repartir.

3. Roupas leves para a caminhada e roupas de banho para curtir a praia. É obrigatório o uso de Tênis.

4. Levar água (sugestão: congelar em squeezes/garrafinhas a água).

5. Protetor solar, repelente, boné, óculos, toalha e demais acessórios que possam auxiliar num dia de sol e calor.

6. Quem tiver pode levar prancha, bola, fescobol, jogo de taco.

7. Leve sua garrafinha/squeeze com água, gatorade ou outra bebida (não alcoólica) para hidratação.

8. Máquina fotográfica é indispensável.

9. Dinheiro para estacionamento e para bebidas.

Anotem os contatos dos nossos responsáveis pelo evento, para eventualidades:
Robson - 91367972
Maria - 91468668

Tenho certeza de que será um sucesso!!!
Convide a todos, confirme sua participação, arrume sua mochila e vamos curtir com uma galera show, junto à natureza.
Não esqueça de confirmar presença, local de encontro e forma de transporte.

OBS: Se amanhecer chovendo o nosso evento será cancelado!! Na dúvida fiquem a vontade para nos ligar.

Muito obrigada!!!
Vamo Que Vamo...

14 de out de 2011

16 DE OUTUBRO DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO!



16 DE OUTUBRO DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO!
Em todo o mundo, cerca de 800 milhões de pessoas vivem em situação de insegurança alimentar. Isso significa que elas não têm acesso à alimentação saudável, de qualidade, em quantidade suficiente e de modo permanente. No Dia Mundial da Alimentação, celebrado todo dia 16 de outubro, mais de 180 países organizam atividades e se mobilizam a fim de reduzir a fome. 
A data é comemorada há 27 anos e lembra a criação da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO). 

Fome Zero
No Brasil, milhares de famílias têm motivo especial para celebrar a data. Elas são beneficiárias dos programas inseridos no Fome Zero. A estratégia, impulsionada pelo governo federal, assegura o direito humano à alimentação às pessoas que precisam. Por meio de vários ministérios, como o do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o governo articula políticas sociais com estados, municípios e sociedade civil.  A estratégia promove, ainda, a inclusão social e a conquista da cidadania dos mais vulneráveis à fome. O Fome Zero é modelo para outros países e tem como base quatro eixos articuladores: acesso aos alimentos, fortalecimento da agricultura familiar, geração de renda e articulação, mobilização e controle social.O combate à fome é uma preocupação mundial e o Dia da Alimentação vem despertar a sociedade sobre a importância de investir em segurança alimentar para garantir alimentação na mesa de todos os cidadãos.

Vanessa Mara Lodi
Nutricionista TreineBem
CRN10-2310

23 de set de 2011

Música para o coração


Ritmo, melodia e harmonia podem fazer o peito bater mais forte e feliz. Não é só papo de gente romântica, não. É a medicina de ponta que comprova e prescreve esse benefício
Pode ser a batida pop de Sting, a cadência dos sambas de Cartola, as sinfonias de Mozart ou ainda os tangos com incorporações de jazz de Astor Piazzolla. Não importa. Basta ouvir aquela música preferida para que uma cascata de emoções positivas venha à tona, fazendo a gente reviver dez, cem, mil vezes uma situação prazerosa. Amplificações à parte, o que um estudo da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, acaba de provar e apresentar para a Associação Americana do Coração é que aquelas canções consideradas especiais para um indivíduo têm efeito direto sobre a saúde cardíaca.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores resolveram medir, por meio de ultrassom, o diâmetro dos vasos sanguíneos no braço de dez voluntários saudáveis e não fumantes logo após uma sessão com suas músicas prediletas. Os participantes, no entanto, tiveram de se submeter a um jejum musical durante os 15 dias anteriores à medição, tudo para intensificar o impacto do estímulo sonoro na hora do experimento.

No dia D, foi pedido a eles que levassem os hits que mais lhes causavam contentamento — o estilo country, o sertanejo à americana, foi disparado o mais escolhido na experiência. Depois de 30 minutos ao som das canções, os cientistas observaram um aumento de 26% no calibre dos vasos, um resultado bastante expressivo — para ter uma ideia, um vídeo com o mesmo tempo de duração e tiradas bem-humoradas provocaram uma dilatação de 19%. Ainda a título de comparação, audiotapes para induzir ao relaxamento causaram uma distensão de 11%. Já a barulheira do heavy metal deixou os vasos 6% mais estreitos e os voluntários, ansiosos. 

5 de set de 2011

Conheça alguns motivos para beber líquidos



Quem consome água de forma regular durante o dia ajuda o corpo a funcionar melhor e previne problemas de saúde. A água tem um papel regulador de muitas funções de nosso organismo desde o controle da temperatura até o bom funcionamento do sistema circulatório e também manutenção da beleza e da saúde como um todo.
Alguns benefícios de beber líquidos: Auxilia no emagrecimento; Melhora o funcionamento do intestino ; Melhora a pele; Atua no transporte e absorção de nutrientes; Atua na saúde Ocular e Melhora o funcionamento renal.
O consumo de líquidos deve ocorrer durante todo o dia e nos intervalos das refeições, pois quando ingerimos muito líquido durante as refeições, a concentração de ácido clorídrico presente no estômago diminui e algumas enzimas são diluídas, prejudicando a digestão dos alimentos e podendo ocasionar indigestão e flatulência.

Dicas para aumentar o consumo de líquidos:

- A água não possui calorias e é fonte de minerais. Se você não gosta de água pura, crie uma versão aromatizada colocando folhas de hortelã, alecrim, rodelas de laranja ou limão. Uma boa dica para não esquecer de beber água é sempre ter uma garrafinha com você, no carro, no trabalho, em casa e na academia.

- Os chás também são ótimas opções para garantir a hidratação, entre as infusões mais apreciadas destacam-se:camomila, erva cidereira, erva doce, hortelã e menta. Os chás não devem ser adoçados, para dar sabor pode-se adicionar canela em pau, cravo, rodelas de laranja e tangerina. Experimente usar também cascas de maçã e limão, pedaços de morango, abacaxi e outras frutas.

- Os sucos de frutas são ricos em vitaminas e minerais, além de refrescantes, fornecem energia e hidratam. São inúmeras possibilidades de combinações de frutas para preparo de sucos naturais, mas se você prefere uma opção já pronta, em função da praticidade, opte por aqueles sem conservantes e sem adição de açúcar.
Taiana Bianchini
Professora Laboral TreineBem

29 de ago de 2011



O dia 29 de agosto foi escolhido como o dia nacional de combate ao fumo, quando são desenvolvidas campanhas alertando as pessoas dos males que o cigarro causa.
Desde 1840 o cigarro passou a ser industrializado, proporcionando um grande aumento de pessoas que fumam por todo o mundo. Antes, os cigarros eram feitos manualmente, como os cigarros de palha.
Fumar faz mal porque o fumo quando queimado produz mais de quatro mil substâncias químicas, sendo que sessenta delas são cancerígenas.

A dependência é causada pela nicotina, um dos elementos presentes no tabaco ou fumo. Após a ingestão da fumaça, o cérebro é estimulado ao prazer, porque a nicotina cai na corrente sanguínea. Com isso, o fumante tem sensação de bem-estar, atenua a ansiedade, diminui a fome, perde peso, sente-se relaxado, etc.
O fumo é uma planta variável em mais de sessenta espécies, que podem ser preparadas para mascar, cheirar ou fumar. Porém, apenas algumas delas são cultivadas para o processo de industrialização.
O fumante, com o passar do tempo, adquire uma doença denominada tabagismo, que se caracteriza pelo excesso de nicotina no organismo.

O tabagismo não é facilmente curado, pois os efeitos do cigarro são processados pelo cérebro e causam prazer. Com isso, o tratamento volta-se para psicoterapias, acupuntura, uso de adesivos e chicletes de nicotina (que juntam pequenas quantidades da mesma no organismo até que a pessoa chegue à baixa taxa), inaladores ou sprays nasais.
Os maiores produtores de fumo do Brasil são os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e Bahia.
As espécies mais cultivadas são de fumo para cigarro, charuto, cachimbo e o fumo de corda (aquele de rolo).

O maior dos malefícios do consumo de fumo é o câncer de pulmão, que responde por 90% dos casos da doença. Além desse, o cigarro também pode causar câncer de boca, mau hálito, dentes amarelados, impotência sexual, gangrena em partes do corpo (diminuição da circulação do sangue), dentre outras.
O tratamento do câncer de pulmão é de muito sofrimento e dor, tanto para o paciente quanto para sua família, pois é um tipo de câncer que pode levar facilmente ao óbito, em razão da sua capacidade de se disseminar para outras áreas do corpo.

Além das medicações que são fortes e causam efeitos colaterais no organismo, o paciente deve passar por sessões de quimioterapia, radioterapia, além de passar por procedimentos cirúrgicos.
Durante o tratamento, o paciente sente fortes dores no corpo, fica fragilizado e sem resistência, perde os cabelos, sofre com aftas e feridas na boca, náuseas e vômitos constantes, emagrece muito, fica anêmico e pode ou não apresentar febre (em razão da infecção).
Pessoas que não fumam devem ficar alertas, pois a inalação da fumaça do cigarro, mesmo que de outra pessoa, causa os mesmos males, sendo consideradas fumantes passivas. Outras nada podem fazer, como no caso de crianças que convivem com pais que fumam ou mesmo recebem a nicotina ainda na barriga da mãe.

Dessa forma, para se evitar a aquisição de um câncer ou outras doenças causadas pela fumaça do cigarro, o melhor a fazer é não fumar e ajudar a combater o consumo do fumo, do tabaco, devido aos sérios problemas que causam ao organismo.

Ajude, oriente, participe, essa campanha precisa de você!


Por: Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia
Equipe Brasil Escola

26 de ago de 2011

Você sabe o que é Kefir ?




O kefir, ou quefir, é um leite fermentado do tipo espumoso ou viscoso e levemente efervescente. Esse alimento é originário da Europa Oriental (região do Cáucaso, na Rússia). O nome é oriundo da palavra eslava Keif, que significa bem-estar e também é conhecido por outros nomes: kéfer, kefyr, kiaphur, kepi, knapon. Esse significado se dá pelo fato dessa bebida apresentar propriedades benéficas à saúde do homem, especialmente os efeitos probióticos relacionados ao seu consumo.

Para se obter o produto fermentado, é necessário adicionar os grãos de kefir (também chamados de grumos ou grânulos) em algum alimento (denominado substrato) para ocorrer a fermentação. Dessa maneira, o kefir pode ser produzido por meio de diversos tipos de leite (vaca, ovelha, cabra, búfala e égua), sendo o leite a base mais utilizada há milênios, ou suco de frutas, açúcar mascavo e água. Os grãos também contêm um aspecto gelatinoso, textura macia, firme e tamanho irregular.

Os grânulos de kefir são compostos por: açúcares (60 g/kg), proteínas (30 g/kg), gorduras (2 g/kg), minerais (7 g/kg) e água (900 g/kg). Entretanto, sua ação terapêutica é atribuída à presença de uma microbiota complexa. Ou seja, uma elevada diversidade de microorganismos é encontrada nos grãos de kefir, igualmente chamada de associação simbiótica. Essa simbiose inclui espécies de leveduras, bactérias ácido – acéticas e ácido – láticas. A composição de microorganismos nos grânulos pode variar conforme o tempo de utilização dos mesmos, a região de origem dos grãos, a forma de cultivo, o tipo de substrato usado na produção e as técnicas realizadas ao longo da manipulação.

Estudos realizados com o Kefir demonstraram vários efeitos benéficos à saúde, tais como a redução do estresse e da pressão arterial, aumento da imunidade, atividade antitumoral, antiinflamatório, redução de glicose e de gorduras no sangue, atividade antimicrobiana, prevenção de diarréias associadas a uso de antibióticos (por favorecer a flora intestinal normal, mantendo seu balanço e protegendo contra bactérias maléficas) e redução da constipação intestinal.

Além disso, a fermentação resulta em uma bebida com alta quantidade de vitamina B12, B6, ácido fólico, biotina e alguns aminoácidos. Também há diminuição da lactose presente no leite, possibilitando o consumo da bebida por pessoas intolerantes e aumentando o teor de ácido lático que age como conservante natural do alimento.

Para preparar o kefir, os grãos são inicialmente acrescentados ao leite em um recipiente de vidro limpo, devendo fermentar a temperatura ambiente (25°C) deixando descansar de um dia para o outro. Após a fermentação, deve-se coar o produto para separar os grãos. O líquido resultante é o kefir, que pode ser consumido fresco, adicionado de frutas, açúcar, mel, canela ou maturado. E após pode ser repetido o processo diariamente, lembrando que os grãos sempre devem ser lavados em água após a utilização para preservar suas propriedades. E ainda você poderá doar para um conhecido, amigo ou parente por os grânulos apresentam um aumento de 25%



Vanessa Mara Lodi

Nutricionista TreineBem

CRN 10-2310

25 de ago de 2011

O índice Glicêmico e o Esporte!



O índice glicêmico de um alimento se refere à velocidade com a qual o carboidrato presente no mesmo irá aumentar os níveis de glicose no sangue. Os carboidratos de alto índice glicêmico (rápida digestão e absorção) atravessam o sistema digestório e chegam rapidamente ao sangue. Essa situação eleva os níveis de glicose, aumentando a secreção de insulina. Já os carboidratos de baixo índice glicêmico (lenta digestão e absorção) passam lentamente pelo sistema digestório e chegam aos poucos na corrente sanguínea, mantendo baixos os níveis de insulina.

Quando utilizados corretamente, os diferentes tipos de carboidrato (nas horas certas) poderão trazer muitos benefícios para a prática esportiva, exemplo: mais energia para o treino, maior estoque de glicogênio muscular e no fígado, glicose estabilizada durante a prática da atividade, retardamento da fadiga, melhor recuperação muscular e menos acúmulo de gordura localizada.

Aprenda a utilizar:

1- Pré-treino: Na maioria das refeições devemos consumir carboidratos de baixo índice glicêmico, para controlarmos o aumento da insulina a todo o momento e aumentar a queima de gordura. Antes do exercício é crucial que você consuma esse tipo de carboidrato, para garantir que você fique bem disposto na próxima 1 hora-1h30 após o início do treino. Consuma de 20-40g de carboidratos de baixo índice glicêmico 1 hora antes do exercício juntamente com 10-20g de proteínas.

Sugestões:

Alimentos integrais, cereais, batata doce, maçã, pêra, iogurte light, barrinha de proteínas, arroz com feijão e carne, etc.

2-Durante o treino: Só será necessário que você consuma carboidratos durante o exercício caso ele dure mais do que 1h30-2h00 e seja de alta intensidade. Durante, você deverá consumir carboidratos de médio-alto índice glicêmico, como por exemplo, a maltodextrina ou até mesmo uma mistura de maltodextrina com dextrose (essa mistura tem mostrado mais eficácia no fornecimento de energia).

3-Pós-treino: Aqui os carboidratos de alto índice glicêmico são imprescindíveis. Se você deixar de fazer uma refeição após o treino, fará com que seu corpo utilize as proteínas musculares como fonte de energia, anulando todo o seu esforço. Ingerir 40g- 100g de carboidratos de absorção rápida irá aumentar a secreção de insulina o que recupera seus estoques de glicogênio e carrega aminoácidos aos músculos. Além dos carboidratos, coloque de 20-25g de proteínas para atuar no desenvolvimento muscular.

Sugestões: Mel, Pão branco, banana, bolo, suco de laranja, melancia, granola, arroz, macarrão, batata, milho, frutas secas, etc.



DICA: Os potencializadores de insulina são excelentes no pós-treino, pois facilitam a entrada de nutrientes nos músculos, melhorando sua recuperação e desenvolvimento.Você deve ter essa atenção independente do seu objetivo (aumentar massa muscular ou emagrecer). A dica é sempre então consumir carboidratos de alto índice glicêmico com proteínas (nunca um deles sozinho). Uma ótima combinação é a pós o treino consumir: 1 colher de sopa cheia de mel+1 medida ou scoop/medida de Whey Isolado. Importante: sempre se alimente de 3-3 horas, assim você mantém o bom funcionamento do metabolismo, melhora a queima e gordura e evita vários picos de insulina durante o dia todo. Resultado – menos acúmulo de gordura corporal, mais alimentos aos músculos e um corpo mais definido!

Vanessa Mara Lodi

Nutricionista TreineBem

CRN 10-2310