25 de jul de 2011

Alimentação e Estress.



São as cobranças dentro de casa, o chefe que solicitou um relatório com urgência, uma prova de concurso que está pra chegar, engarrafamentos, contas a pagar… E quando você menos percebe está irritado, com dor de cabeça, dores musculares, cabelo começa a cair, unhas ficam mais fracas, pressão arterial e frequência cardíaca aumentam e outros. Sinto muito lhe informar, mas você está sofrendo de estresse.

Para combater o estresse é preciso uma mudança nos hábitos alimentares e a busca por um estilo de vida mais saudável. Uma alimentação equilibrada e a prática de exercício físico ajudam bastante. Além disso, pode-se pensar em atividades que nos auxiliem a encontrar o equilíbrio entre a mente e o corpo, como a Yoga e meditação.

Abaixo seguem algumas dicas da Nutri para auxiliar no controle do estresse:

-Evitar açúcar, café e sal em excesso. Prefira os alimentos mais naturais, e de preferência orgânicos, pois os alimentos industrializados, normalmente, são ricos em sal e açúcar. O café pode ser substituido por chás como o de camomila, erva-doce e cidreira.

• Aumente o consumo de alimentos ricos em magnésio. Fontes: castanhas, nozes, semente de abóbora, aveia, arroz integral, trigo e folhosos de cor verde-escuro (agrião, couve, brócolis, espinafre, rúcula).

• Gergelim, Tofu e Quinua são alimentos fonte de cálcio, que junto com o magnésio auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares.

• O ferro, presente na farinha de soja, no feijão azuki, carnes magras, açúcar mascavo e no melaço, também tem uma ação importante no combate ao stress auxiliando na melhora do sistema imunológico.

• Alimentos antioxidantes e fonte de vitamina C estimulam o sistema de defesa (sistema imune) e combate a produção de radicais livres.Fontes: Frutas e verduras cítricas, cacau em pó etc.

• Alimentos que atuam na produção de serotonina (cacau) e fonte de triptofano (frango e peixes) auxiliam na prevenção de depressão,

• Evitar alimentos gordurosos, já que com o estresse é mais frequente o indivíduo ter azia, má digestão e queimação.

• Alimentos fonte de ômega 3 são muito importantes, pois auxiliam no controle hormonal e tem ação antiinflamatória e antioxidante.Fontes: farinha e óleo de linhaça e óleos de peixes.

• Água-de-coco, lentilha, feijões, grão-de-bico, cereais integrais, laranja e banana são boas fontes de potássio que auxilia na condução de impulsos nervosos e mantém o bom funcionamento cerebral.



Se alimente bem e diga XÔ ao Stress



Vanessa Mara Lodi
Nutricionista TreineBem
CRN 10-2310

Nenhum comentário:

Postar um comentário