21 de jul de 2010

Super dicas para que seu dia seja melhor:

ESCOLHER BEM O CALÇADO
Os pés suportam o peso do corpo todo. Portanto, os melhores modelos de sapatos são os que permitem distribuir essa carga uniformemente, sem pressionar mais um ponto do que outro. Além disso, um bom calçado deve proporcionar conforto e segurança no caminhar. Qualquer passo em falso, em relação a essas regrinhas, acabará prejudicando a coluna. Afinal, basta o calçado começar a escorregar ou a machucar e a nossa reação natural será modificar completamente a postura, na tentativa de compensar a instabilidade. E aí os discos, as juntas e os ligamentos das costas sofrerão o impacto da mudança. Entre as mulheres, o estilo anabela é o único sapato com salto que os ortopedistas aprovam. Apesar de fazê-las parecer um pouco mais altas, o calçado não provoca a sobrecarga desigual e nem os estragos que um salto mais alto e mais fino é capaz de acarretar. "O uso contínuo de salto alto favorece a hiperlordose, que é o aumento da curva normal que já temos na coluna cervical e na lombar. Mas pode desencadear problemas nos joelhos e até o encurtamento dos músculos da panturrilha", adverte o ortopedista Alexandre Cristante. Para as que não conseguem ficar sem, a dica é escolher os modelos com saltos de até 4 centímetros.
SEGUIR UMA DIETA BALANCEADA
Quando o peso do corpo é exagerado em relação à estatura, a coluna tem de trabalhar dobrado para garantir a nossa sustentação. E esse é mais um motivo para manter o peso ideal, durante toda a vida. "Com a obesidade, a coluna fica sobrecarregada. Daí, se a situação se prolongar, é questão de tempo para que as estruturas que a compõem comecem a responder com dores", diz Luiz Pimenta. Outro cuidado é incluir boas fontes de cálcio (como leite, derivados e vegetais verde-escuros) e de vitamina D (ostras, peixes, óleo de fígado de bacalhau e ovo) na sua dieta diária. "A vitamina D ajuda na absorção do cálcio pelo nosso organismo. O cálcio, por sua vez, é o elemento que garante a integridade dos ossos, protegendo as vértebras contra os processos degenerativos".
Fonte: ITC

Um comentário: